Atualizações anteriores



São Paulo registra a criação de 51 mil vagas de emprego


As previsões de Carlos Lupi, ministro do Trabalho e Emprego, são quase uma profecia quanto o assunto é justamente o mercado de trabalho. As estimativas dele para 2010 são as melhores do mundo, pois crê que mais de 2 milhões de postos de trabalho serão criados até o final do ano.

Em São Paulo, somente nos primeiros dias do atual ano foram criadas mais de 51 mil novas vagas formais de trabalho, isto é, aqueles que condizem assinatura e registro em carteira, indicadas, pois, a partir do boletim do Observatório do Emprego e Trabalho.

Guilherme Afif Domingos, secretário estadual do Emprego e Relação de Trabalho, em reportagem veiculada pelo Canal Executivo do Portal UOL, relata que a construção civil e a indústria foram as principais responsáveis por esse desenvolvimento. Segundo ele, 85% dos novos postos têm origem nesses dois setores.

Em relação ao salário médio desses trabalhadores recém-admitidos, o valor é 5,5% maior se comparado a dezembro de 2009 e 2,3% superior a janeiro desse mesmo ano, configurando, então, R$ 968.

Fonte: www.uol.com.br.

Por Luiz Felipe T. Erdei