Atualizações anteriores



Telefônica deve investir 2 Bilhões no Brasil em 2010


Mariano de Bier, vice-presidente executivo do Grupo Telefônica no Brasil, afirmou que os investimentos da companhia no país, para o próximo ano, devem ser os mesmos constatados ao longo dos 365 dias deste ano, que é de R$ 2 bilhões.

Antonio Carlos Valente, presidente do Grupo Telefônica, disse, por sua vez, que os focos da companhia continuarão cerceando a banda larga e a busca pela satisfação dos clientes. Além disso, a melhoria da rede de telefonia fixa, os pacotes de dados e as redes corporativas, bem como a própria televisão, terão dedicação efetiva.

Para tanto, Valente revela que diversos procedimentos internos na companhia foram revistos em 2009. Até o terceiro trimestre deste ano, afirma que R$ 1,4 bilhão foi investido pela Telefônica, mas não ilustra, no entanto, se a previsão inicial fora alcançada.

Por Luiz Felipe T. Erdei



ANATEL Padroniza Regras e Metas para Telefonia Fixa


Foi publicado no Diário Oficial da União, no dia 17 de novembro, por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), um regulamento para padronizar as regras já utilizadas pelo órgão para o controle da execução correta das metas de universalização pelas concessionárias de telefonia fixa.

O comprometimento das empresas, estabelecidas em 2003 no Plano Geral de Metas de Universalização, cerceia os serviços figurados em telefonia fixa individual e aqueles de uso coletivo, tais como os inúmeros orelhões instalados pela cidade. Com essa publicação, as companhias terão de executar o planejamento das ações, apresentar dados à Anatel sobre o cronograma de realização das metas e divulgar largamente essas medidas a seus clientes.

Além disso, prevêem as metas, será necessário um tratamento particular da infraestrutura de acesso à banda larga, que tem de ser esticada até a sede de todo e qualquer município brasileiro até o fim de 2010. Pode-se esperar, neste último caso, uma resolução bem interessante, pois Lula receberá um encaminhamento da Banda Larga Popular na semana que vem, que conjetura o acesso à internet de alta velocidade a todos os cidadãos do país.

Por Luiz Felipe T. Erdei