Atualizações anteriores



Reajuste do Salário Mínimo – PT defende política de longo prazo


O reajuste do salário mínimo já virou um dilema. O governo brasileiro anunciou, há algumas semanas, alta para R$ 545, muito aquém das expectativas aguardadas e defendidas pelas centrais sindicais, que pleiteiam aumento para R$ 580 de modo a garantir maior poder de compra aos brasileiros, estimulando, assim, a economia.

Em reunião realizada no dia 10 de fevereiro, o Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) endossou a manutenção do acerto realizado com as centrais sindicais para progresso de valor do mínimo, porém num prazo mais amplo com base nas diretrizes atuais (reajuste em função da inflação acumulada dos últimos 12 meses mais a variação do PIB de dois anos antes).

O relatório do encontro, em conhecimento da imprensa, também agregou diretrizes sobre a reforma do sistema político, citando não apenas melhorias no âmbito eleitoral, mas no próprio fortalecimento da democracia.

O PT, obviamente, acredita ser a principal base de apoio da ex-ministra-chefe da Casa Civil, mas ao mesmo tempo quer estabelecer ligação com a sociedade no intuito de atender as necessidades dos trabalhadores.

Resta saber como o partido conseguirá conduzir as medidas adotadas pelo governo e os pedidos da sociedade. Na verdade, a oposição precisa entrar nesse diálogo, não para depreciar as iniciativas, mas para atuar como agente fiscalizador.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Agência Brasil



Novo presidente do Senado Federal é José Sarney, eleito com 49 votos


José Sarney foi eleito o novo presidente do Senado Federal, com 49 votos, contra apenas 32 de Tião Viana do PT.

Foi uma vitória incontestável, mas abaixo do esperado.

O senador José Sarney estará no comando do Senado nos anos de 2009 e 2010.