Destaque em PIS

Atualizações anteriores



Saque do PIS-Pasep para Idosos


Governo liberou o saque do PIS/Pasep para idosos. O calendário de pagamentos ainda será definido pela Caixa.

O Governo Federal anunciou na última quinta-feira (24) a liberação de R$ 15,9 bilhões em contas inativas do PIS/Pasep para cerca de 7,8 milhões de idosos que têm direito ao abono. Com a nova medida, terão direito ao saque, idosos com mais de 60 anos.

Antes o benefício só era possível para pessoas a partir de 70 anos ou por outras situações como, aposentadoria ou pensão por invalidez, entre outras.

A Caixa Econômica deverá anunciar o calendário de retirada dos rendimentos em breve, mas o sistema será o mesmo do FGTS.

A exemplo do que aconteceu com as contas inativas do FGTS que injetou uma média de R$ 44 bilhões na economia brasileira, o governo Temer espera alcançar o mesmo propósito inserindo quase R$ 15,9 bilhões para girar.

A medida provisória 797/17 autorizando sacar o saldo do FGTS permite mulheres a partir dos 62 anos e homens aos 65 anos. De acordo com o Ministério do Planejamento mais de 4 milhões de idosos, dos quase 8 milhões beneficiados com a medida, já completaram 70 anos, portanto poderiam ter feito o saque sem precisar de nenhuma medida governamental.

Com essa nova lei quem já tinha direito e não sacou seu saldo inativo vai ter que aguardar até a divulgação do novo calendário que será disponibilizado pelas agências da Caixa Econômica (PIS) e Banco do Brasil (PASEP), responsáveis pelos pagamentos. A data prevista vai de outubro deste ano até março de 2018, a depender do mês em que o idoso faz aniversário.

Como verificar o saldo

Para quem trabalhou na iniciativa privada, a partir de outubro poderá encaminhar-se à uma agência da Caixa Econômica para verificar seu saldo inativo. Quanto aos trabalhadores do serviço público devem consultar uma agência do Banco do Brasil.

Como sacar o rendimento

Exatamente como aconteceu com o saque das contas do FGTS, quem confirmar que tem direito ao saque poderá optar por receber direto em conta corrente ou conta poupança ou até mesmo direto na folha de pagamento.

Quem tem direito ao abono?

Todos os idosos maiores de 62 anos que estejam de acordo com os termos da nova medida imposta pelo Governo Federal, além de possuir fundos depositados até o ano de 1988. Os trabalhadores que passaram a contribuir após esse ano não terão direito ao saque.

Também é possível sacar o dinheiro pessoas com doenças graves, como câncer, HIV, por morte e invalidez. O Ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, ainda alerta que muitos herdeiros nem sabem que têm direito à receber o rendimento.

PIS/Pasep

O Fundo PIS/Pasep, segundo o Tesouro Nacional, é o resultado da unificação de fundos compostos por recursos do PIS e do Pasep, com o objetivo da integração do trabalhador no desenvolvimento da empresa, além de assegurar e estimular a poupança.

De acordo com informações do Tesouro Nacional e seguindo legislação em vigor a atualização das contas individuais seguem a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), que no momento estão em 7% ao ano.

Cálculo dos recursos nesse fundo

Até junho de 2016 o saldo médio por cada cotista era de R$ 1.187, além do mais, quase todos que têm direito ao beneficio vão resgatar pelo menos R$ 750.

FGTS

É uma espécie de poupança que o empregador é obrigado a fazer para o trabalhador referente a 8% de seu salário. Lembrando que esse valor não vem descontado da remuneração mensal. O FGTS foi criado no dia 13 de setembro de 1966 e ultimamente vem beneficiando cerca de 28 milhões de brasileiros.

Por Ruth Galvão



Pagamento PIS 2018 – Nascidos em Agosto


Nascidos em agosto começam a receber o pagamento do PIS pela Caixa.

Os trabalhadores brasileiros contam na atualidade com uma série de direitos relacionados à atividade profissional que executam sendo alguns considerados como medidas de proteção para recebimentos reduzidos dentro da realidade nacional.

Uma destas possibilidades está vinculada ao abono salarial o qual já está disponível e por isso os nascidos em agosto começam a receber o pagamento do PIS pela Caixa, cujas informações essenciais serão abordadas em seguida neste artigo.

Compreenda melhor sobre o abono salarial que os nascidos em agosto começam a receber

De forma conceitual, o abono salarial consiste em um benefício oferecido a todos os trabalhadores que recebem até 02 salários mínimos por meio de empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público.

A sua concessão foi regulamentada pela Lei 7.998 de 1990 com este direito sendo garantido para trabalhadores do setor público e privado no valor de 01 salário mínimo anual sendo que pode ser solicitado nas seguintes condições:

· Pessoa ter trabalhado pelo menos por 30 dias no ano-base considerado que neste caso é o de 2016.

· Ter cadastro ativo há pelo menos 5 anos no Cadastro Nacional do Trabalhador ou no Fundo de Participação PIS/PASEP.

· Ter seus dados atualizados pelo empregador na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) no ano-base de 2016.

O valor a ser recebido com relação ao abono salarial teve modificações em suas regras de concessão ficando da seguinte maneira:

1) Pessoa que trabalhou 1 mês em 2016: receberá 1/12 do salário mínimo

2) Pessoa que trabalhou 2 meses em 2016: receberá 2/12 do salário mínimo

3) Pessoa que trabalhou 3 meses em 2016: receberá 3/12 do salário mínimo

4) Apenas a pessoa que trabalhou durante os 12 meses do ano-base irá receber o salário mínimo completo

Como vai funcionar pagamento abono salarial no ano 2017

A realização dos depósitos relacionados com o abono salarial foi iniciada nesta quinta-feira, dia 17/08/2017, com a seguinte separação:

· PIS 2017/2018: para os trabalhadores que trabalham na iniciativa privada que nasceram em agosto.

· PASEP 2017/2018: para os trabalhadores do serviço público que têm o final de sua inscrição funcional com o número 1.

Para o restante dos trabalhadores com direito ao recebimento do abono salarial o calendário de pagamento fica da seguinte maneira:

· Nascidos entre julho e dezembro: irão receber ainda durante o ano de 2017

· Nascidos entre janeiro e junho: irão receber no primeiro trimestre de 2018

Será disponibilizado aos trabalhadores de forma geral, quanto ao pagamento do abono salarial, um total de R$24 milhões os quais ficarão disponíveis para saque até a data final para recebimento definida como dia 29 de junho de 2018.

Exigências para recebimento do abono salarial no ano de 2017/2018

Os trabalhadores da iniciativa privada irão receber o abono salarial na Caixa Econômica Federal com o pagamento ocorrendo 02 dias antes dos outros profissionais com direito a este benefício específico em um calendário com início em 27/07/2017 e final em 15/03/2018.

Já quem atua no serviço público e tem direito ao abono salarial irá receber o montante respectivo por meio de uma conta que possua no Banco do Brasil no qual o pagamento será processado a partir do 3º dia útil anterior a cada período de recebimento.

Para a liberação dos valores referentes ao abono salarial é preciso que os trabalhadores apresentem documento de identidade e número do PIS/PASEP.

Portanto, com as informações apresentadas é possível conhecer todos os detalhes relacionados ao assunto de que os nascidos em agosto começam a receber o pagamento do PIS pela Caixa devendo, então, executar as ações necessárias para que garanta a obtenção adequada deste benefício informado.

Por Ana Camila Neves Morais

PIS



Calendário do PIS 2017


O valor do PIS a ser pago às pessoas que têm direito é de R$ 937.

Resumo: todos recebem o PIS até 30 de junho de 2017. No entanto, nascidos em março e abril recebem a partir de 16 de fevereiro, e nascidos em maio e junho recebem a partir de 16 de março.

Para todos os demais, o saque está liberado.

Todos os anos milhões de brasileiros podem contar com uma importante ajuda financeira. Trata-se do PIS, que é um benefício que o trabalhador possui e que sempre foi extremamente bem vindo, pois auxilia o trabalhador brasileiro com uma renda extra muitas vezes utilizada para quitar débitos, comprar produtos para casa, ou fazer uma reforma.

Contudo desde o ano passado o dinheiro do PIS possui uma função ainda mais importante na vida e na casa do trabalhador brasileiro. Neste momento em que o Brasil todo vem passando por uma forte crise em sua economia, os preços em geral estão muito altos, o número de desempregados é alarmante e por isso esse saldo extra acrescenta muito na vida de todos, uma vez que esse benefício é especialmente voltado para trabalhadores que possuem uma renda financeira mais baixa.

Para quem ainda não sabe, o PIS é uma abreviação de Programa de Integração Social, que foi criado pelo governo federal e dá ao brasileiro trabalhador o direito de alguns benefícios que são garantidos por lei.

O trabalhador que tem direito ao PIS, recebe uma vez ao ano a ajuda financeira no valor de 1 salário mínimo atual, que em 2017 está em R$ 937,00.

Mas para ter direito a esse abono o trabalhador precisa estar inscrito no PIS pelo prazo mínimo de 5 anos; ter prestado serviços pelo período mínimo de um mês do ano passado, com carteira de trabalho registrada; enquanto estava empregado, seu salário não poderia passar de dois salários por mês.

Muitos brasileiros possuem o direito ao saque do abono do PIS, porém desconhecem a data para saque, ou simplesmente se esquecem.

Se você atende aos requisitos que dão direito ao recebimento desse benefício, confira na tabela abaixo, no Calendário do PIS 2017, a data em que o seu vencimento estará disponível.

Os primeiros meses do ano são para pessoas que devem receber o PIS relacionado ao ano base de 2015. Os vencimentos do ano base de 2016, começam a ser liberados a partir de julho de 2017.

Fique atento ao Calendário do PIS 2017 e não deixe passar um direito que é seu. Confira a sua data de aniversário e conte com um salário extra no seu orçamento.

Com informações de pis2017.net.br

Por Sirlene Montes



Prazo final para pagamento do PIS/PASEP é no dia 31 de agosto


Prazo foi prorrogado para que 1,2 milhões de pessoas ainda pudessem sacar

Pagamento do PIS-PASEP/2016 tem sua data prorrogada pelo governo federal.

O anuncio foi feito na terça-feira (1), que haverá prorrogação na data de encerramento do abono salarial dando oportunidades para que todos os beneficiários possam sacar, referente ao ano de 2014.

O prazo de encerramento foi dia 30/07, mas devido a aproximadamente 1,2 milhões de pessoas não terem feito o saque do PIS, ficou decidido, segundo o Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira que a data seria prorrogada.

Quem perdeu a data de saque do PIS/PASEP 2016 poderá fazê-lo entre os dias 28 de julho e 31 de agosto. O ministro não soube informar a quantidade de pessoas que sacaram dentro do prazo, mas garante que já passou dos 95%, de um total de 18,4 bilhões. Ainda de acordo com o Ministro essa foi a primeira vez que aconteceu a prorrogação para data de saque do PIS.

PIS/PASEP – Como sacar e quem tem direito?

De acordo com a CGU (Controladoria Geral da União) cerca de 15 milhões de trabalhadores brasileiros tem direito ao saque do abono. Ou seja, quem contribuiu com o PIS/PASEP até 1988 tem direito de realizar os saques de seus rendimentos anuais. Vale ressaltar que o trabalhador poderá fazer o saque total de suas contribuições, em caso de aposentadoria, maior de 70 anos ou doença grave. Em caso de óbito do beneficiário, cabe aos herdeiros o saque do PIS/PASEP.

Regras mais rígidas para pagamento do PIS/PASEP 2016

Para o ano de 2016 foram criadas regras mais rígidas para que o trabalhador possa sacar seus rendimentos. Elas começaram a vigorar a partir do inicio do ano de 2015 e uma das regras afeta diretamente o seguro-desemprego. Uma das mudanças no PIS determinam que o trabalhador receba de acordo com o tempo trabalhado. De acordo com as novas leis só recebe o abono salarial quem trabalhou 12 meses.

Lembrando que o PIS é pago aos trabalhadores de empresas privadas regidas pelo CLT. Já o PASEP é um beneficio do governo federal somente para policiais militares e servidores públicos. O saque é feito no na agencias do Banco do Brasil em datas previstas nos calendários anuais. Cerca de 23,6 milhões de trabalhadores brasileiros têm direito ao abono salarial do PIS/2015.

Por Ruth Galvão



Saque do abono salarial pode ser feito até o dia 30 de junho


O saque do abono salarial referente ao PIS pode ser feito até quinta-feira, dia 30 de junho.

Ao menos 1,5 milhões de pessoas ainda não sacaram o abono salarial referente ao PIS, isso porque muitos se esquecem de e outros não sabem. Até quinta-feira, dia 30 de junho, estará disponível.

O benefício é pago no valor do salário mínimo vigente, no caso R$ 880,00.

As pessoas cadastradas no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos, com remuneração de até dois salários mínimos durante o ano da contribuição e que exerceram atividade remunerada durante no mínimo trinta dias em 2014 têm direito a receber o abono salarial de 2015, desde que seus dados tenham sido informados corretamente pelo empregador no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

O benefício é um dos direitos mais importantes assegurados na Constituição Federal.

Verifique se o abono salarial não foi depositado diretamente na conta. Se não houver o pagamento vá a um autoatendimento da Caixa ou Casa Lotérica com o Cartão Cidadão e senha para sacar. Caso não tenha o cartão basta ir até o caixa em uma agência Caixa e apresentar um documento com foto.

PIS e PASEP

O PIS (Programa de Integração Social) diz respeito aos trabalhadores de empresas privadas regidas pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) e PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é devido ao Servidor Público.

Os estados com maior número de pessoas que não retiraram o benefício são Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

Conhecer o benefício

Muitos desconhecem esse benefício e acabam deixando passar o dia para retirada do mesmo. Até 30 de junho de 2016 é a data limite para sacar o valor devido. Caso contrário o dinheiro volta aos cofres públicos não podendo ser retirado no próximo ano.

Os trabalhadores que conhecem o benefício sempre retiram para aliviar um pouco as dividas, até porque em ano de crise, qualquer valor é bem indo e, considerando que os beneficiados são os de baixa renda, muitos agradecem poder ter algo com o que contar nesse período.

Dúvidas podem ser esclarecidas nas agências da Caixa ou em Casas Lotéricas. Também pelo atendimento online no site voltado ao PIS ou pelos telefones 158 (Central de Atendimento Alô Trabalhador), 0800 7260207 (Caixa) 0800 729 0001 (Banco do Brasil).

Por Carol de Castro

Saque abono



Pagamento do PIS para trabalhadores nascidos em maio e junho


Nesta quinta-feira, dia 17 de março, o pagamento do PIS será liberado para pessoas nascidas nos meses de maio e junho.

Uma boa notícia para quem é trabalhador e nasceu em maio ou junho.  A partir desta quinta-feira, dia 17, estará disponível o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS).  Os beneficiados podem receber o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF). Neste caso, é preciso apresentar um documento de identificação com foto. Outra opção é realizar o saque nas casas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e nos canais de autoatendimento do banco. Para isso, é necessário possuir o Cartão do Cidadão. Este é o último mês de pagamento do calendário 2015/2016.

Aliviando a crise com o PIS:

Em tempos de crise, o dinheirinho extra com certeza será muito bem-vindo na casa dos brasileiros contemplados pelo benefício. Mas, como saber quem tem direito a receber o PIS? Para verificar se está entre os trabalhadores que poderão contar com o recurso de um salário mínimo é preciso ligar para o telefone 0800 726 0207 e escolher a opção 1. Ainda é possível fazer a consulta no site da Caixa. Os trabalhadores cadastrados no programa até 04/10/1988 devem ficar atentos. Eles receberão os rendimentos do saldo de quotas do PIS.

De olho no prazo para sacar o benefício:

Mas, não basta somente saber que tem direito ao PIS. O trabalhador precisa sacar o dinheiro até o dia 30 de junho. Caso contrário, o benefício retorna para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).  Os únicos que podem ficar despreocupados são os correntistas da CEF, cujos créditos do pagamento são encaminhados diretamente para as suas respectivas contas.  

Quem é o trabalhador beneficiado pelo PIS?

Os requisitos legais que determinam o pagamento do abono do PIS ao trabalhador, calendário 2015/2016,são os seguintes:

– Estar cadastrado, no mínimo, há cinco anos no PIS/Pasep; no ano de 2014 ter recebido uma média mensal de dois salários mínimos; durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não,  ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica no ano-base considerado para apuração; os dados referentes ao trabalhador precisam ter sido repassados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho e Emprego, na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base 2014.

Como obter o Cartão do Cidadão para facilitar o saque do PIS?

O Cartão do Cidadão facilita o acesso aos serviços dos benefícios sociais e trabalhistas, tais como, o saque do PIS. Para emitir o cartão, o trabalhador pode solicitá-lo pelo telefone 0800-726-0207 ou em qualquer Agência da CAIXA.  

Por Erica Cristina Gomes

PIS



Abono Salarial – Quem tem direito e Como sacar o benefício


O pagamento do Abono Salarial segue em calendário com datas específicas.

O Abono Salarial, que é um dos mais importantes benefícios trabalhistas do país, ainda gera muitas dúvidas. O benefício, que é assegurado pela CLT, é pago a quem recebe até 2 salários mínimos – remuneração extra que tem auxiliado muitas famílias brasileiras a quitar as contas do final de ano.

Como funciona o pagamento? Quem tem direito ao Abono Salarial? Como sacar o abono salarial? Essas e outras questões serão abordadas nesse artigo, para que as suas dúvidas mais comuns possam ser tiradas.

Quem tem direito ao Abono Salarial 2016:

Algumas exigências feitas pela lei devem se enquadrar nos requisitos do brasileiro, para que só assim possa ter direito a receber o Abono Salarial 2016. Dentre elas: ter trabalhado com carteira assinada no ano anterior por mais de 30 dias; o salário do funcionário não pode exceder a faixa dos 2 salários mínimos; necessita ter inscrição no PIS há mais de 5 anos.

Outra regra muito importante é quanto à empresa, que deve está em dia com a entrega da RAIS para o Ministério do Trabalho. Com essa situação, apesar de trabalhar com carteira assinada para pessoas físicas, a empregada doméstica não garante a remuneração oferecida pelo Abono Salarial.

Como Sacar o Abono Salarial 2016:

Esse processo depende do cartão cidadão, que pode ser feito gratuitamente nas agências da Caixa. Quem está em processo de emissão, deve aguardar um prazo de 30 dias para recebe o documento. Já quem está em posse do cartão pode ir a qualquer agência ou lotérica para realizar o saque do valor do Abono Salarial.

Contudo, a necessidade de verificar o Calendário do PIS é fundamental, pois este é a única maneira de saber quando o valor estará em sua conta. Para consultar o calendário, o trabalhador pode entrar no site da Caixa. Caso esteja sem tempo, verifique o calendário abaixo.

Calendário do Abono Salarial 2016:

  • Último Dígito: 00 – Recebem a partir de – 22/02/2015 – Recebem até – 30/06/2016
  • Último Dígito: 01 – Recebem a partir de – 20/08/2015 – Recebem até – 30/06/2016
  • Último Dígito: 02 – Recebem a partir de – 17/09/2015 – Recebem até – 30/06/2016
  • Último Dígito: 03 – Recebem a partir de – 15/10/2015 – Recebem até – 30/06/2016
  • Último Dígito: 04 – Recebem a partir de – 19/11/2015 – Recebem até – 30/06/2016
  • Último Dígito: 05 – Recebem a partir de – 14/01/2016 – Recebem até – 30/06/2016
  • Último Dígito: 06 e 07 – Recebem a partir de – 16/02/2016 – Recebem até – 30/06/2016
  • Último Dígito: 08 e 09 – Recebem a partir de – 17/03/2016 – Recebem até – 30/06/2016

Por Flavinha Santos

Abono salarial



PIS/PASEP – Pagamento e como receber o benefício


Informações sobre o pagamento, valores, como receber e quem tem direito a receber o PIS/PASEP.

O benefício PIS/PASEP é uma iniciativa do Governo Federal com objetivo de promover a valorização do trabalhador por meio da distribuição de renda. Neste ano de 2015 começou a ser pago a partir de julho. A expectativa é que seja pago mais de R$ 7 bilhões em benefícios para todos os brasileiros que têm direito.

O valor do PIS é de um salário mínimo, e para ter direito o cidadão precisa ter trabalhado no mínimo 5 anos com carteira assinada, ganhado até dois salários mínimos por mês. Além disso, o benefício do PIS é liberado de acordo com o mês da data de nascimento.

Para sacar o benefício é preciso ter em mãos o cartão cidadão ou o cartão da Caixa Econômica (CEF). Quem não tem nenhum desses cartões e vai receber o PIS pela primeira vez, é necessário ir até uma Agência da Caixa Econômica com um documento de identificação em mãos, e aproveitar a oportunidade para solicitar ao atendente o cartão cidadão. Esse cartão é importante, pois além de sacar o benefício, nele está impresso o Número de Identificação Social (NIS). Porém, para facilitar a vida das pessoas, no site da CEF é possível consultar o saldo do PIS e saber se está disponível para saque – www.caixa.gov.br.

O PASEP é um benefício semelhante ao PIS, porém destinado aos militares, civis e funcionários públicos, pago por ano pelo Banco do Brasil. Para receber o PASEP é preciso ir até uma Agência do Banco do Brasil com o número de inscrição do PASEP e um documento de identificação em mãos. Ressaltando que, o benefício PIS/PASEP 2015 é pago referente aos meses trabalhados e salários recebidos no ano 2015.

Para facilitar e deixar o saque mais prático, o contribuinte que possuir cartão cidadão poderá sacar o benefício do PIS em lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e caixas eletrônico. Lembrando que o pagamento do PIS só é liberado de acordo com a data de aniversário do cidadão. 

Por Stephanie Rodrigues do Nascimento

PIS



Caixa Econômica Federal liberou o pagamento do PIS


A Caixa Econômica Federal já liberou o pagamento de R$ 9,2 bilhões em benefícios referentes ao PIS (Programa de Integração Social), o abono salarial, bem como outros rendimentos do PIS já foram concedidos a 91,41% dos trabalhadores, que podem sacar o benefício até 29 de junho.

Se o trabalhador perder o benefício, o mesmo será devolvido ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Para ter direito ao benefício de abono salarial, é preciso ter cadastro no PIS/PASEP até 2006 e ter trabalhado pelo menos 30 dias com registro durante o ano de 2010. Atualmente, o valor do abono é de R$ 622,00.

Já para receber o rendimento do PIS é preciso ter cadastro até 04/10/1988 no PIS/PASEP e cotas no PIS.

Essas cotas são concedidas nos casos de aposentadoria, reforma militar, invalidez permanente, AIDS ou câncer do titular ou dos dependentes, morte do titular e outros.

Situações para sacar os benefícios:

– Quem tem conta bancária na Caixa Econômica Federal, é preciso conferir os lançamentos desde julho de 2011;

– Se a empresa em que você trabalha conta com a parceria da Caixa, os lançamentos serão feitos no próprio holerite;

–  Se você tem o Cartão Cidadão, basta se dirigir aos caixas eletrônicos da Caixa e conferir se o saque está disponível. Se você não tiver o cartão ou a senha, a solicitação de ambos pode ser feita nas agências bancárias ou por meio do atendimento telefônico da Caixa (0800 726-0101).

Por Natali Alencar



PIS/Pasep – Saque do benefício disponível até 30 de junho


Uma notícia que pode interessar a muitos trabalhadores é que o abono salarial do PIS-Pasep está disponível para saque em todo o Brasil até o dia 30 de junho. Até o momento, muita gente ainda não foi sacar o saldo a que tem direito.

Terão direito ao benefício todos aqueles que em 2009 trabalharam com carteira assinada por pelo menos 30 dias e que já estão inscritos no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Patrimônio do Servidor Público) há cinco anos.

Nessa categoria existem hoje no Brasil, cerca de 18,5 milhões de trabalhadores, segundo os dados do Ministério do Trabalho e do Emprego (MTE), perfazendo um total de R$ 9,642 bilhões que poderão movimentar a economia nos próximos dias. O benefício pode variar de um a no máximo dois salários mínimos.

O saque do PIS poderá ser realizado nas agências da Caixa Econômica Federal ou nas lotéricas de todo o Brasil (para aqueles que possuem o Cartão do Cidadão e senha) ou no Banco do Brasil (Pasep).

Por Alberto Vicente