Atualizações anteriores



Calendário de Pagamento da Aposentadoria e Pensão 2018


Calendário para pagamento de benefícios em 2018 já está definido.

Se você é aposentado ou pensionista que recebe benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), saiba que já foi divulgada a programação de pagamento para o próximo ano, no Diário Oficial da União, em 16 de novembro (quinta-feira). Confira mais informações aqui e veja o calendário de 2018 a seguir, para organizar o seu planejamento financeiro para o ano que se aproxima.

Cronograma 2018

As datas de pagamento seguem a mesma sistemática dos anos passados. Desse modo, a tabela contempla dois critérios: 1) Quem recebe benefícios de até 1 salário mínimo, considerado o piso da previdência e 2) Quem recebe valores acima de 1 salário mínimo. Para saber a data, é necessário que o segurado confira o final do número do cadastro, que consta no cartão do benefício, excluindo o dígito.

Benefícios até o Piso

Os segurados que recebem o valor até um salário mínimo vão obter o crédito nos últimos 5 dias úteis de cada mês do ano de 2018. Assim, os pagamentos do mês de janeiro de 2018 terão início a partir do dia 25/01 (quinta-feira), para aqueles cujo número do cadastro terminam em 1 e se estendem até o dia 7 de fevereiro (quarta-feira) – quem tem final 0.

Já no mês de fevereiro, as datas de recebimento terão início em 22 de fevereiro (quinta-feira) e vão até o dia 7 de março (quarta-feira). Em março, o pagamento vai do dia 23/03 (sexta-feira) até 6 de abril (sexta-feira). Nos meses seguintes, os pagamentos ocorrerão a partir do dia 24 de abril (terça-feira) e 24 de maio (quarta-feira), tendo como último dia 8 de maio (terça-feira) e 7 de junho (quinta-feira), respectivamente. Para encerrar o primeiro semestre, os proventos do mês de junho começarão no dia 25/06 (segunda-feira) e serão concluídos em 6 de julho (sexta-feira).

Em 25 de julho (quarta-feira) os benefícios serão creditados, iniciando os pagamentos do segundo semestre de 2018, e vão até o dia 7 de agosto (terça-feira). Dando sequência, aqueles aposentados e pensionistas cujo cadastro termina com a numeração 1 vão obter o crédito a partir do dia 27 de agosto (segunda-feira). Enquanto que quem possui cadastro com final 0 vai receber em 10 de setembro (segunda-feira).

No mês de setembro, a programação de pagamento começa no dia 24, segunda-feira, e termina em 5 de outubro, sexta-feira. No mês de outubro, o calendário vai a partir do dia 25, quarta-feira e tem fim em 8 de novembro, quinta-feira.

Para finalizar o ano, a previsão de crédito dos benefícios terão início em 26 de novembro (segunda-feira) e 20 de dezembro (quinta-feira), encerrando em 7 de dezembro (sexta-feira) e 8 de janeiro de 2019 (terça-feira), respectivamente.

Benefícios acima de um salário mínimo

Quem recebe benefícios nos valores acima do piso, terão o crédito no período que compreende os primeiros cinco dias úteis do mês subsequente. Por exemplo, o pagamento referente ao mês de janeiro de 2018 ocorrerá entre os dias 1º de fevereiro (quinta-feira) e 7 de fevereiro (quarta-feira).

Mais detalhes

A tabela de pagamento tem início já para efetuar depósitos em dezembro de 2017, a partir do dia 20, quarta-feira. Esses valores serão creditados para quem recebe o benefício no valor de até um salário mínimo e cujo cadastro termina com numeração 1. Os demais serão contemplados até a data de 8 de janeiro (segunda-feira).

O INSS também esclarece que quando a data prevista para pagamento for no dia em que houver algum feriado, o depósito será transferido para o próximo dia útil.

Se você deseja saber mais informações, acesse o portal eletrônico do instituto da previdência.

Não deixe de conferir o calendário logo abaixo aqui. Programe-se para 2018.

Melisse V.



Pagamento PIS 2018 – Nascidos em Agosto


Nascidos em agosto começam a receber o pagamento do PIS pela Caixa.

Os trabalhadores brasileiros contam na atualidade com uma série de direitos relacionados à atividade profissional que executam sendo alguns considerados como medidas de proteção para recebimentos reduzidos dentro da realidade nacional.

Uma destas possibilidades está vinculada ao abono salarial o qual já está disponível e por isso os nascidos em agosto começam a receber o pagamento do PIS pela Caixa, cujas informações essenciais serão abordadas em seguida neste artigo.

Compreenda melhor sobre o abono salarial que os nascidos em agosto começam a receber

De forma conceitual, o abono salarial consiste em um benefício oferecido a todos os trabalhadores que recebem até 02 salários mínimos por meio de empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público.

A sua concessão foi regulamentada pela Lei 7.998 de 1990 com este direito sendo garantido para trabalhadores do setor público e privado no valor de 01 salário mínimo anual sendo que pode ser solicitado nas seguintes condições:

· Pessoa ter trabalhado pelo menos por 30 dias no ano-base considerado que neste caso é o de 2016.

· Ter cadastro ativo há pelo menos 5 anos no Cadastro Nacional do Trabalhador ou no Fundo de Participação PIS/PASEP.

· Ter seus dados atualizados pelo empregador na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) no ano-base de 2016.

O valor a ser recebido com relação ao abono salarial teve modificações em suas regras de concessão ficando da seguinte maneira:

1) Pessoa que trabalhou 1 mês em 2016: receberá 1/12 do salário mínimo

2) Pessoa que trabalhou 2 meses em 2016: receberá 2/12 do salário mínimo

3) Pessoa que trabalhou 3 meses em 2016: receberá 3/12 do salário mínimo

4) Apenas a pessoa que trabalhou durante os 12 meses do ano-base irá receber o salário mínimo completo

Como vai funcionar pagamento abono salarial no ano 2017

A realização dos depósitos relacionados com o abono salarial foi iniciada nesta quinta-feira, dia 17/08/2017, com a seguinte separação:

· PIS 2017/2018: para os trabalhadores que trabalham na iniciativa privada que nasceram em agosto.

· PASEP 2017/2018: para os trabalhadores do serviço público que têm o final de sua inscrição funcional com o número 1.

Para o restante dos trabalhadores com direito ao recebimento do abono salarial o calendário de pagamento fica da seguinte maneira:

· Nascidos entre julho e dezembro: irão receber ainda durante o ano de 2017

· Nascidos entre janeiro e junho: irão receber no primeiro trimestre de 2018

Será disponibilizado aos trabalhadores de forma geral, quanto ao pagamento do abono salarial, um total de R$24 milhões os quais ficarão disponíveis para saque até a data final para recebimento definida como dia 29 de junho de 2018.

Exigências para recebimento do abono salarial no ano de 2017/2018

Os trabalhadores da iniciativa privada irão receber o abono salarial na Caixa Econômica Federal com o pagamento ocorrendo 02 dias antes dos outros profissionais com direito a este benefício específico em um calendário com início em 27/07/2017 e final em 15/03/2018.

Já quem atua no serviço público e tem direito ao abono salarial irá receber o montante respectivo por meio de uma conta que possua no Banco do Brasil no qual o pagamento será processado a partir do 3º dia útil anterior a cada período de recebimento.

Para a liberação dos valores referentes ao abono salarial é preciso que os trabalhadores apresentem documento de identidade e número do PIS/PASEP.

Portanto, com as informações apresentadas é possível conhecer todos os detalhes relacionados ao assunto de que os nascidos em agosto começam a receber o pagamento do PIS pela Caixa devendo, então, executar as ações necessárias para que garanta a obtenção adequada deste benefício informado.

Por Ana Camila Neves Morais

PIS



Regras para o Pagamento do Cartão de Crédito


Confira as mudanças sobre o pagamento da fatura do cartão de crédito.

Provavelmente a partir dessa segunda-feira você já deve ter ouvido falar sobre um novo regime para o uso do rotativo do cartão de crédito. Se você perdeu alguma informação e não teve acesso para entender bem do que se tratava, aqui segue uma explicação sobre quais são as mudanças mais significativas.

A partir do dia 3 de abril, assim que um correntista, de qualquer banco privado, não conseguir pagar sua fatura integral do cartão de crédito, tendo que pagar o valor mínimo e a partir do mês seguinte o correntista ainda não possui o valor para pagar a fatura de forma integral, o banco providencia o valor dessa última fatura parcelado. O correntista só poderá voltar a pagar o valor mínimo quando quitar as parcelas da fatura parcelada.

É preciso ficar atento sobre as opções de parcelamento. Muitos bancos podem oferecer uma maior quantidade de parcelas para poder dividir a fatura. Alguns bancos podem oferecer a opção de parcelar em 12 vezes, 24 vezes ou até 48 vezes, mas conforme o número de parcelas aumenta, o valor de juros também. O valor da parcela pode ser baixo a longo prazo, mas no caso do cliente optar por quitar a dívida antes do combinado, pode sentir o peso dos juros altíssimos. Por isso, é muito importante analisar bem qual melhor plano de parcelamento que será oferecido.

Essa medida foi ordem do governo, tendo em vista a crise de grande escala em todo o território brasileiro e o índice de inadimplência estar sendo alto o bastante para ameaçar bancos até a fecharem. Não há informação se essa medida será apenas provisória ou se tornará permanente, mesmo com uma melhora no cenário econômico brasileiro.

De qualquer maneira, todo cuidado é pouco. A oscilação dos preços, o crescente desemprego, além da falta de planejamento governamental pegou todos de surpresa. Vivemos além da recessão econômica e já mergulhamos em uma depressão econômica sem previsão para melhora.

Para o orçamento familiar, é necessário que as contas estejam devidamente organizadas para que não existam mais malefícios por conta da crise do que o “comum” e o “esperado”.

Por Yamí de Araújo Couto

Cartão de crédito



Calendário do PIS 2017


O valor do PIS a ser pago às pessoas que têm direito é de R$ 937.

Resumo: todos recebem o PIS até 30 de junho de 2017. No entanto, nascidos em março e abril recebem a partir de 16 de fevereiro, e nascidos em maio e junho recebem a partir de 16 de março.

Para todos os demais, o saque está liberado.

Todos os anos milhões de brasileiros podem contar com uma importante ajuda financeira. Trata-se do PIS, que é um benefício que o trabalhador possui e que sempre foi extremamente bem vindo, pois auxilia o trabalhador brasileiro com uma renda extra muitas vezes utilizada para quitar débitos, comprar produtos para casa, ou fazer uma reforma.

Contudo desde o ano passado o dinheiro do PIS possui uma função ainda mais importante na vida e na casa do trabalhador brasileiro. Neste momento em que o Brasil todo vem passando por uma forte crise em sua economia, os preços em geral estão muito altos, o número de desempregados é alarmante e por isso esse saldo extra acrescenta muito na vida de todos, uma vez que esse benefício é especialmente voltado para trabalhadores que possuem uma renda financeira mais baixa.

Para quem ainda não sabe, o PIS é uma abreviação de Programa de Integração Social, que foi criado pelo governo federal e dá ao brasileiro trabalhador o direito de alguns benefícios que são garantidos por lei.

O trabalhador que tem direito ao PIS, recebe uma vez ao ano a ajuda financeira no valor de 1 salário mínimo atual, que em 2017 está em R$ 937,00.

Mas para ter direito a esse abono o trabalhador precisa estar inscrito no PIS pelo prazo mínimo de 5 anos; ter prestado serviços pelo período mínimo de um mês do ano passado, com carteira de trabalho registrada; enquanto estava empregado, seu salário não poderia passar de dois salários por mês.

Muitos brasileiros possuem o direito ao saque do abono do PIS, porém desconhecem a data para saque, ou simplesmente se esquecem.

Se você atende aos requisitos que dão direito ao recebimento desse benefício, confira na tabela abaixo, no Calendário do PIS 2017, a data em que o seu vencimento estará disponível.

Os primeiros meses do ano são para pessoas que devem receber o PIS relacionado ao ano base de 2015. Os vencimentos do ano base de 2016, começam a ser liberados a partir de julho de 2017.

Fique atento ao Calendário do PIS 2017 e não deixe passar um direito que é seu. Confira a sua data de aniversário e conte com um salário extra no seu orçamento.

Com informações de pis2017.net.br

Por Sirlene Montes



Pagamento do PIS para trabalhadores nascidos em maio e junho


Nesta quinta-feira, dia 17 de março, o pagamento do PIS será liberado para pessoas nascidas nos meses de maio e junho.

Uma boa notícia para quem é trabalhador e nasceu em maio ou junho.  A partir desta quinta-feira, dia 17, estará disponível o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS).  Os beneficiados podem receber o dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal (CEF). Neste caso, é preciso apresentar um documento de identificação com foto. Outra opção é realizar o saque nas casas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e nos canais de autoatendimento do banco. Para isso, é necessário possuir o Cartão do Cidadão. Este é o último mês de pagamento do calendário 2015/2016.

Aliviando a crise com o PIS:

Em tempos de crise, o dinheirinho extra com certeza será muito bem-vindo na casa dos brasileiros contemplados pelo benefício. Mas, como saber quem tem direito a receber o PIS? Para verificar se está entre os trabalhadores que poderão contar com o recurso de um salário mínimo é preciso ligar para o telefone 0800 726 0207 e escolher a opção 1. Ainda é possível fazer a consulta no site da Caixa. Os trabalhadores cadastrados no programa até 04/10/1988 devem ficar atentos. Eles receberão os rendimentos do saldo de quotas do PIS.

De olho no prazo para sacar o benefício:

Mas, não basta somente saber que tem direito ao PIS. O trabalhador precisa sacar o dinheiro até o dia 30 de junho. Caso contrário, o benefício retorna para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).  Os únicos que podem ficar despreocupados são os correntistas da CEF, cujos créditos do pagamento são encaminhados diretamente para as suas respectivas contas.  

Quem é o trabalhador beneficiado pelo PIS?

Os requisitos legais que determinam o pagamento do abono do PIS ao trabalhador, calendário 2015/2016,são os seguintes:

– Estar cadastrado, no mínimo, há cinco anos no PIS/Pasep; no ano de 2014 ter recebido uma média mensal de dois salários mínimos; durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não,  ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica no ano-base considerado para apuração; os dados referentes ao trabalhador precisam ter sido repassados corretamente pela empresa ao Ministério do Trabalho e Emprego, na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base 2014.

Como obter o Cartão do Cidadão para facilitar o saque do PIS?

O Cartão do Cidadão facilita o acesso aos serviços dos benefícios sociais e trabalhistas, tais como, o saque do PIS. Para emitir o cartão, o trabalhador pode solicitá-lo pelo telefone 0800-726-0207 ou em qualquer Agência da CAIXA.  

Por Erica Cristina Gomes

PIS



Fim do prazo para o pagamento da 1ª parcela do 13º salário


Está chegando o tão esperado dia 30. Feliz dia para muitos (e para outros nem tanto) já que significa a primeira parcela do décimo terceiro salário garantida pelas leis vigentes relacionadas ao regime CLT de contratação. Porém, todo cuidado é pouco! Muitos trabalhadores já têm destino certo onde empregar a "gratificação natalina", mas o que muitos se esquecem é que a segunda parcela vem com os devidos descontos referente ao INSS e Imposto de Renda onde somados podem chegar a representar 38,5% da fatia.

Por isso, o menos indicado é que as parcelas sejam destinadas a pagar algum tipo de dívida que esteja relacionada a compromissos de alta prioridade como o pagamento de um débito bancário, por exemplo.

Segundo o Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – cerca de mais de 82 milhões de trabalhadores terão direito ao benefício. Os trabalhadores que não receberem  a primeira parcela nesta próxima sexta-feira podem denunciar a empresa infratora na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Pernambuco pelos seguintes canais:

– E-mail: 13salario.srtepe@mte.gov.br;

– Telefone: 3427-7932;

– Pessoalmente: Avenida Agamenon Magalhães, nº 2.000.

Para o procedimento é necessário informar a razão social, nome fantasia, número do CNPJ e endereço com ponto de referência. As fiscalizações do STRE já ocorrem no primeiro dia útil do mês. 

Todas as empresas impreterivelmente devem adiantar este pagamento para o dia 29  de novembro, segundo o Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Em nota via e-mail, o  vice-presidente de Desenvolvimento Operacional, Enory Luiz Spinelli, declarou que se a data prevista para a primeira parcela do 13º cair fora do dia útil, o mesmo deve ser adiantado ao dia anterior não podendo em hipótese alguma ocorrer no dia seguinte. Se essa data fosse cair em um domingo, por exemplo, a regra também seria válida (como é previsto que aconteça no próximo ano).

Não se deixe enganar, direitos são direitos e o crédito deve acontecer para trabalhadores de todas as categorias que são contratados na modalidade efetiva, ou todos que tenham a carteira devidamente assinada.  

Por Luciana Ávila

Pagamento do 13º salário deve ser feito até dia 29 de novembro

Foto: Divulgação



Joaquim Barbosa suspende pagamento do Tribunal de Contas de São Paulo


O Supremo Tribunal Federal, por meio de seu presidente o Ministro Joaquim Barbosa, determinou a suspensão dos salários do tribunal de Contas de São Paulo.

Segundo o entendimento do magistrado, os salários deverão voltar ao seu valor máximo de R$24.117,00 já que os novos vencimentos eram acima do teto permitido pela Constituição Federal.

Agora, a decisão tomada pelo presidente deverá ser aprovada pelo plenário do Excelso Tribunal para que comece a surtir realmente os seus efeitos práticos e legais.

Por Ana Camila Neves Morais



Pontualidade de pagamento das micro e pequenas empresas cai em abril – Serasa Experian


Em desaceleração contínua, porém sem causar tanto alarme, a economia brasileira deve alcançar expansão próxima de 4,00% ao final de 2011, quase metade do índice registrado em 2010, de 7,50%. O novo patamar brasileiro, dentro dos níveis desejados para muitos especialistas, já começou a refletir em alguns dados significativos.

O Indicador de Pontualidade de Pagamento das Micro e Pequenas Empresas estudado pelo Serasa Experian arrefeceu para 94,6% em abril, taxa abaixo da registrada no período igual de um ano antes, quando o mesmo instituto relacionou índice de 94,7%.

Os economistas assinalam que esse recuo, o segundo no comparativo interanual, é reflexo da elevação dos juros e do maior aperto nas condições de crédito, situações que afetam diretamente a formação de caixa das micro e pequenas empresas.

O Serasa revela que a pontualidade das micro e pequenas empresas de serviços cedeu 0,81% na relação anual, acima da taxa de 0,74% computada entre as industriais. Por outro lado, as micro e pequenas empresas comerciais registraram variação positiva de 0,35% no mês de abril.

Neste caso, a Páscoa advém como um dos fatores, pois os consumidores despenderam parte de suas remunerações para a compra de artigos relacionados à data.

O cenário mais adiante ainda é incerto. Possivelmente, baixas devem ser contabilizadas nos próximos meses, mas nada que assuste demasiadamente as micro e pequenas empresas. A base de comparação anual de 2010 é forte, portanto, deve gerar reflexos negativos.

Por Luiz Felipe T. Erdei