Atualizações anteriores



Resumo da Novela Pecado Mortal – Capítulo de Terça – Dia 19 de Novembro de 2013


No capítulo desta terça, dia 19 de novembro, da novela Pecado Mortal, vamos ver que Helena e Patrícia mexem em gaveta do Michele, curiosas sobre registros do bicheiro. Getúlio entra na biblioteca interrompendo as duas, que fecham rapidamente a gaveta. Carlão fica em choque ao saber que Picasso sequestrou seus filhos a mando de Donana. Otávio se põe na frente de Carlão, que o empurra e foge. Danilo tenta convencer o tio a não atacar os netos de Michele, mas Omar está decidido. Anjo sai desesperado em busca de médico para atender Nina. Pedro decide se prostituir. Jurandir para o carro e Pedro entra. Stella conta para Norma e Silvinha sobre os netos, orgulhosa. Otávio e Patrícia ficam preocupados com sumiço de Carlão. Carlão vai atrás de Picasso no hotel. Pedro tenta roubar carteira de Jurandir, que o coloca para fora do carro. Anjo encontra Laura e suplica por atendimento para a filha.

Novelas.

Carlão pergunta para Picasso sobre sequestro dos filhos. Picasso saca a arma, mas Carlão mantém a tranquilidade. Picasso diz que não maltratou as crianças e que o tiro foi um acidente. Carlão cobra explicações e Picasso confirma que Donana foi mandante do sequestro. O clima é de tensão entre os dois, mas Carlão vai embora e evita briga. Carlão mostra escuta escondida embaixo da camisa para Patrícia e diz que gravou a história do sequestro dos filhos. Patrícia escuta gravação. Carlão diz que quer Picasso preso e Patrícia concorda em investigá-lo. Otávio pergunta para Stella se ele é mesmo seu filho. Stella afirma e diz se arrepender de tê-lo abandonado. Laura faz exames em Nina enquanto Anjo e Bruna aguardam apreensivos. Omar, Danilo e Veludo planejam ir até o morro para sequestrar os netos de Michele. Picasso vai até a delegacia. Starsky diz que Van e Caravaggio estão sendo interrogados pela Corregedora. Picasso fica apreensivo com a notícia.

Caravaggio e Van não entregam Picasso, negando acusações. Monet presenteia Solange com carro que comprou com o dinheiro roubado. Danilo descobre que um coronel do exército será responsável pela segurança dos netos de Michele. Dorotéia liga para casa dos Vêneto para falar com Carlão e Patrícia atende. Dorotéia diz para Patrícia que Carlão e a família correm perigo. Michele arma surpresa para Stella e a pede em casamento. Carlão liga para Dorotéia, que o alerta sobre possível ataque do tio aos Vêneto. Picasso encontra Solange e descobre que Monet usou dinheiro dos turcos para comprar o carro. Picasso enfurecido pergunta por Monet e descobre que ele foi à delegacia. Monet vai até a delegacia para falar com a Corregedora. Donana vai até casa dos Vêneto para falar com Patrícia. Patrícia diz para Donana que vai colocá-la na cadeia por conta do sequestro. Carlão leva Rodolfo e Rafaela até o carro que os deixará na escola. Carlão tem um mau pressentimento, mas é tarde. O carro parte com Rafaela e Rodolfo. Carlão se lembra dos filhos e do primeiro sequestro.

Quarta – Dia 20 de novembro

Carlão corre atrás de carro onde estão Rafaela e Rodolfo. Veludo atira, tentando parar o carro. Carlão consegue acertar o sequestrador e salva os filhos. Donana discute com Patrícia, que não se intimida e ameaça prendê-la. Picasso fica furioso ao descobrir que Monet pegou parte do dinheiro roubado dos Ashcar. Monet diz para Corregedora que confessa tudo se ela não o incriminar. Otávio conta para Patrícia sobre tentativa de sequestro de Rafaela e Rodolfo. Patrícia vai atrás dos filhos, aflita. Carlão diz emocionado para Patrícia que conseguiu se lembrar dos filhos.

Patrícia fica esperançosa com a notícia. Stella aceita pedido de casamento de Michele. Picasso atropela Monet e Baldochi o socorre. Dorotéia vai até a casa dos Vêneto. Patrícia se decepciona por Carlão não ter se lembrado dela. Carlão e Dorotéia conversam, planejando alguma maneira de acabar com a guerra entre as famílias. Carlão convence Otávio a participar do plano. Otávio conversa com o pai e sugere que ele faça um acordo com Omar. Danilo, a mando de Dorotéia, sugere ao tio que negocie com Michele. Omar saca o plano dos dois e diz para Danilo que quer encontrar Michele. Picasso vai atrás de Monet no hospital, determinado a atacá-lo. Laura tenta impedi-lo de entrar, sem sucesso. Monet consegue fugir antes que Picasso o encontre. Patrícia conversa com Laerte, provocando ciúmes em Carlão.

Carlão acaba discutindo com Laerte e o esmurra. Omar manda Danilo ir até a casa dos Vêneto para matar Otávio e Carlão. Carlão conta para Stella que Donana mandou sequestrar as crianças. Stella fica furiosa e vai até apartamento de Getúlio atrás de Donana. Stella arrasta Donana para fora do apartamento e as duas brigam. Djalma aparta a briga, amparando Donana. Van Gogh vai até Corregedora. Ele confessa que participou do assalto e entrega o distintivo, desistindo do cargo. Dorotéia descobre que Omar mandou Danilo até casa dos Vêneto para matar Otávio e Carlão. Ela tenta avisá-los, mas Omar corta telefone a tranca no quarto. Michele chega na casa dos Ashcar. Carlão beija Patrícia, que não tenta impedi-lo desta vez. A luz acaba na casa dos Vêneto e Carlão desconfia de ataque.

Quinta – Dia 21 de novembro

Carlão fica em alerta, esperando por algum sinal de ataque. Ele tenta ligar para Dorotéia a procura de notícias, mas o telefone não funciona. Desconfiado, Carlão fala para Patrícia que eles devem fugir com as crianças. Dorotéia grita desesperada por Ramiro e pede que ele avise os Vêneto sobre ataque. Stella diz para Norma que vai contar para Carlão que é a mãe dele. Patrícia, Carlão e Vegetal levam as crianças para a casa grande. Carlão se reúne com os irmãos e pede para Vegetal travar as janelas. Ele sai com Juliano para verificar os geradores de luz. Picasso captura Monet e o leva até a delegacia. Os dois se juntam a Caravaggio e discutem sobre dinheiro roubado. Caravaggio recebe ligação e descobre que Van se entregou para polícia. Picasso fica aflito. Van não entrega Monet, Caravaggio e Picasso. Ele nega participação dos amigos em assalto.

As luzes se acendem. Carlão volta para a casa grande e diz que geradores foram danificados por alguém. Otávio e Carlão pegam suas armas, se preparando para o ataque. Danilo e seus capangas chegam sorrateiros na casa dos Vêneto. Anjo e Laura terminam o caso entre os dois. Ilana vai atrás de Romeu no hotel. Omar dopa Michele sem que ele perceba. Michele desmaia. Otávio resolve ir até barracão em busca de armas e munição. Ao abrir a porta, alguém atira, sem acertá-lo. Carlão, Patrícia e os irmãos se jogam no chão. Danilo e seus capangas continuam atirando. Veludo entra na casa pela chaminé sem ser visto. Patrícia, Carlão, Otávio e Lívia se dividem para proteger a casa. Veludo rapta Patrícia.Norma vai até hotel atrás de Silvinha e a encontra com Romeu. Ilana e Norma discutem. Vergueiro e Getúlio entram em discussão e brigam. Veludo ameaça Patrícia e a leva até Carlão.

Carlão entra em pânico ao ver a esposa nas mãos de Veludo. Picasso e Van brigam na delegacia. Ramiro aparta briga e avisa Picasso sobre a guerra no morro. Carlão se oferece para ficar no lugar de Patrícia. Veludo solta Patrícia e faz Carlão de refém. Carlão consegue se esquivar e Otávio atira em Veludo. Veludo desaba. Vegetal e Patrícia fogem com as crianças. Picasso e Ramiro chegam à casa dos Vêneto e atiram contra Danilo. Danilo e os capangas fogem. Carlão agradece à Picasso e sai em busca da mulher e dos filhos. Carlão encontra Patrícia e diz que vai com Otávio atrás do pai. Patrícia tenta impedi-lo, mas não consegue. Danilo chega à casa do tio e diz que plano deu errado. Dorotéia consegue sair do quarto e encontra Danilo, fracassado. Ela alerta o tio, dizendo que Carlão e Otávio devem estar a caminho para buscar o pai. Mineral, Carlão e Otávio atacam casa dos Ashcar. Michele desperta. Carlão e Otávio se disfarçam de seguranças, entram na casa e encurralam Danilo e Omar.

Sexta – Dia 22 de novembro

Carlão coloca canivete no pescoço de Danilo enquanto Otávio aponta arma para Omar. Danilo confirma que tio mandou que ele matasse os dois. Dorotéia tenta retomar plano de reconciliação e Carlão a ajuda. Carlão exige um acordo escrito assinado por Omar para por fim a guerra. Picasso, Caravaggio, Van e Monet conversam, tentando fazer as pazes. Os quatro relembram momentos do início da carreira e o clima melhora entre eles. Picasso anuncia para os amigos que vai deixar posto de policial. Carlão e Otávio conseguem libertar o pai e voltam para casa. Stella vai morar na casa dos Vêneto. Carlão vai atrás de Patrícia que o recebe muito preocupada. Ele a tranquiliza e conta sobre o tratado de paz que assinaram com os Ashcar. Pedro e Paulo se fingem de traficantes e armam dar golpe em boliviano que vende cocaína. Ao mesmo tempo, Picasso, Van, Caravaggio e Monet armam emboscada para traficante estrangeiro.

Michele discute com Otávio e Carlão e diz que eles se arriscaram demais. Carlão aconselha o pai a reforçar segurança do morro. Patrícia conversa com Stella e diz que tem medo que Carlão vire bicheiro como o pai. Stella a aconselha a voltar para casa com marido. Fernanda descobre que a filha Marcinha está esperando um filho de Dorotéia ameaça Veludo e diz que ele deve obediência a ela e ao irmão. Monet vê Otávio e traficante boliviano conversando em restaurante. Monet foi enganado e descobre que boliviano vende droga ao invés de muambas. Ele ameaça matar o traficante e diz que não quer saber de tráfico de drogas. Picasso e Monet planejam emboscada para pegar o boliviano. Carlão pede para Patrícia que eles que na casa dos Vêneto por mais um tempo. Patrícia diz que vai voltar com os filhos para casa e não aceita que ele já junto. Carlão fica desolado.

Picasso se passa por Carlão para falar com o traficante boliviano. Dorotéia e Danilo fingem brigar na frente do tio Omar. Danilo esbofeteia Dorotéia, deixando o tio satisfeito. Carlão arma uma explosão na frente da casa para impedir Patrícia de ir embora. O plano de Carlão dá certo e Patrícia volta para a casa do Vêneto. Michele se assusta e suspeita de novo ataque dos Ashcar. Carlão tranquiliza o pai e conta o plano. Michele ri. Carlão vê o pai tremendo e fica preocupado. Pedro e Paulo seguem carro de boliviano. Donana procura algum segredo de Michele, a fim de suborná-lo e voltar para casa dos Vêneto. Helena e Patrícia roubam pastas e fitas com provas contra Michele e Picasso. Carlão pede de novo para o pai que ele largue o jogo do bicho. Michele sabe que esta é a chance de fazer as pazes com o filho. Picasso mata o boliviano em emboscada e diz para Caravaggio, Monet e Van que vai matá-los também.