Atualizações anteriores



Bradesco registrou seu maior lucro no 1º tri de 2015


Banco conseguiu obter seu maior lucro de sua história, alcançando R$ 4,24 bilhões, uma alta de 23,3% em comparação ao mesmo período de 2014.

Os bancos são instituições financeiras de grande destaque no mercado econômico e o Bradesco é uma das mais importantes, tanto que ele é conhecido como o segundo maior banco privado, perdendo somente para o Banco Itaú, e nesses últimos dias ele divulgou que nesse primeiro trimestre do ano de 2015 conseguiu obter o maior lucro de toda a sua história.

Ele registrou o segundo maior lucro na história dos bancos brasileiros dentro de um trimestre e esses dados foram anunciados pela Economática, uma empresa que foi fundada no ano de 1986 e que atualmente conta com a presença nos Estados Unidos, Chile, Argentina, Peru, Brasil, México, Argentina e Colômbia. Ela é responsável por realizar análise de ações e também de fundos de investimentos, ou seja, ela realiza serviços avançados no que dizem respeito a levantar os dados dessas instituições e informar quais são as que apresentam os melhores investimentos.

Para ter uma ideia de como isso é importante, a pesquisa mostrou os seguintes dados do Banco Bradesco:

  • Lucro líquido no valor de R$ 4,24 bilhões dentro desse período (primeiro trimestre);
  • Alta de 23,3% se comparado com o mesmo período no ano passado.

Agora quem possui o maior lucro da história?

Como o Itaú realizou há alguns anos a compra do Unibanco e com isso temos agora o Itaú Unibanco, é justamente dele essa colocação, tanto que o valor registrado é de R$ 4,41 bilhões no ano de 2014.

O Itaú Unibanco e o Bradesco disputam todos os anos esse título, de qual deles lucrou mais por período e parece que para os próximos anos a situação não vai ser muito diferente, pois inclusive o Bradesco conseguiu ultrapassar até o valor de lucro do quarto trimestre de 2014, que na época foi de R$ 3,99 bilhões.

Para essa pesquisa foi realizado o levantamento informações dos dez maiores lucros para um trimestre dentro do mercado brasileiro com a utilização de ações negociadas na bolsa, dos quais temos 5 que são do Itaú Unibanco e 1 que é diretamente do Banco do Brasil.

Por Fernanda de Godoi

Bradesco

Foto: Divulgação



Queda no Lucro Líquido do Citigroup – Terceiro Trimestre de 2012


O Citigroup, dono do banco Citibank e da operadora de cartões de crédito Credicard, anunciou uma queda em seu lucro líquido nessa segunda-feira. Segundo o informe, o lucro líquido do grupo ficou em US$ 468 milhões no terceiro trimestre de 2012, contra US$ 3,77 bilhões no mesmo período do ano anterior.

O principal motivo para o desempenho ruim no terceiro trimestre desse ano se deve as perdas relativa à sua participação junto ao Morgan Stanley. 

O Morgan Stanley é uma das principais companhias de serviços financeiros do mundo e o Citigroup tinha uma participação de 49% em uma das suas corretoras financeiras. Em setembro o Citigroup decidiu encerrar sua participação nessa corretora, isso ocasionou a perda em fluxo contábil de US$ 4,7 bilhões. Daí o resultado excepcionalmente baixo do grupo nesse terceiro trimestre.

Pode-se ver que o lucro corrigido do grupo tendo ajustado essa operação financeira ficou em US$ 3,27 bilhões, o que representa uma queda ainda em relação ao lucro do mesmo período do ano passado.

O Citigroup informou ainda que os lucros por unidade de Valor Mobiliário e Bancários emitidos por seu banco apresentou uma elevação no último período.

Por Matheus Camargo