Atualizações anteriores



Número de idosos inadimplentes no Brasil aumentou


Em agosto o número de idosos inadimplentes no Brasil teve um aumento de 8,56%, sendo o principal motivo os empréstimos para ajudar os filhos, que não pagam as dívidas aos pais.

Infelizmente, o número de idosos inadimplentes no Brasil continua crescendo e o pior desta constatação é que em boa parte dos casos isso ocorre porque os idosos fazem empréstimos para ajudarem os filhos que depois acabam não pagando os pais que ficam com o nome protestado.

No mês passado houve um aumento de 8,56% entre os consumidores com idade entre 65 e 94 anos que passaram a atrasar o pagamento de suas dívidas. Estima-se que em todo o país o número de idosos inadimplentes já ultrapasse os 4,3 milhões.

Dados divulgados pelo SPC Brasil – Serviço de Proteção ao Crédito, juntamente com a CNDL – Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, apontam um aumento no número de idosos inadimplentes se comparado os meses de agosto e julho deste ano.

Já o IBGE divulgou dados indicando que em uma década e meia o número de pessoas com idade entre 65 e 94 anos aumentou de 5,61% para 7,90% em todo o país.

Para Marcela Kawauti, economista chefe do SPC Brasil, a tendência é que o número de idosos inadimplentes no Brasil continue aumentando, sendo que um dos principais motivos além dos empréstimos feitos para terceiros, principalmente filhos e parentes, é o fato da expectativa de vida ser maior e também vem mudando os hábitos de consumo também entre os idosos que agora viajam mais e procuram aproveitar mais a vida, ao invés de ficarem em casa como era há alguns anos atrás.

Acontece que a maior parte dos idosos brasileiros vive com uma baixa renda e conta ainda com a falta de um bom planejamento financeiro. A inadimplência entre os idosos avançou acima da média nos últimos anos e a situação poderá piorar daqui para frente, por causa da crise que assola o país e não tem previsão de melhorar em um curto espaço de tempo.

Ainda de acordo com o SPC Brasil já são mais de 4,3 milhões de consumidores idosos com o nome registrado em serviços que oferecem proteção ao crédito. Uma outra curiosidade sobre esta questão, é que boa parte destes idosos está inadimplente por causa do não pagamento das contas de água e também de luz.

Por Russel

Idosos inadimplentes