Atualizações anteriores



Dieese – ICV em São Paulo – Taxa de 0,41% em fevereiro de 2011


Residir nas grandes metrópoles gera alto custo aos bolsos. Prova disso é o Índice do Custo de Vida (ICV) calculado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que em fevereiro, na cidade de São Paulo, registrou taxa de 0,41%, contra 1,27% de janeiro.
O Dieese assinala que o grande motivador da alta foi o componente Transporte, o qual cresceu 0,76%, representando, portanto, 0,12% do total do ICV do período. Outro elemento que impulsionou o indicador foi Alimentação, com elevação de 0,39% em fevereiro. Este, por sinal, concebeu 0,11% para o avanço do custo de vida.
Despesas Pessoais, Saúde e Habitação também apresentaram incremento em suas taxas, de 2,50%, 0,29% e 0,18%, respectivamente. Em contrapartida, Equipamentos exerceu tendência contrária ao ceder 0,22% entre janeiro e fevereiro, além de Vestuário, que arrefeceu 0,34%.
No acumulado deste ano, ressalta o Dieese, o ICV registra índice positivo de 1,70%, com destaque para Transporte, com taxa de 3,87%, e Educação & Leitura, com aumento de 4,99%. Nos últimos 12 meses encerrados em fevereiro, o percentual acumulado do indicador alcança 6,26%.
Por Luiz Felipe T. Erdei