Atualizações anteriores



Consulta do Saldo do FGTS por meio de Aplicativo


O aplicativo vai ajudar o trabalhador que deseja consultar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O trabalhador que deseja consultar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode fazer isso por meio de um aplicativo criado pela Caixa Econômica Federal. Para utilizar o app é necessário fazer um cadastro respondendo uma série de informações.

Após os dados preenchidos, o trabalhador pode acessar o aplicativo FGTS em qualquer horário. O app é gratuito e mantém atualizadas as informações do benefício. O trabalhador pode acessá-lo a qualquer hora. O aplicativo também tem versões para Windows Phone, Android e IPhone (iOS).

Para quem deseja acessar o saldo do FGTS por meio do app, deve abrir o menu no celular e procurar o ícone da loja de aplicativos do seu aparelho telefônico. Quem tem celular Android, tem que baixar o app por meio do Google Play. Já os usuários de iPhone devem acessar pelo Apple Store. E para quem deseja baixar pelo Windows Phone, isso pode ser feito por meio do Windows Store.

Em seguida, o trabalhador precisa procurar na busca o app FGTS Trabalhador e tocar no ícone branco com a marca FGTS. Após isso, é necessário pedir para instalar o app, aceitar e aguardar a instalação ser concluída.

Por fim, clique em abrir o app, faça o cadastro e depois informe o número do seu NIS, que está na sua carteira de trabalho. Também não se esqueça de informar sua senha.

O aplicativo possibilita o trabalhador consultar o extrato do FGTS, tirar dúvidas por meio de uma das funções e verificar os calendários inativos. Também é possível alterar o recebimento de notificações e ainda fazer uma avaliação do app FGTS Trabalhador (www.caixa.gov.br/atendimento/aplicativos/fgts/Paginas/default.aspx).

Caso o trabalhador queira consultar seu saldo é só tocar na função “Consultar Extrato”. As informações serão fornecidas na próxima tela.

Para verificar os calendários inativos, isso pode ser feito por meio de um item que lembra um calendário. Neste item, o trabalhador tem acesso ao calendário de saques para quem possui saldo inativo.

Quem tem dúvidas a respeito do FGTS também pode esclarecê-las em uma função que contém um ponto de interrogação. Clicando neste item que é chamado de “Dúvidas Frequentes”, o trabalhador é levado a uma lista que contém uma série de dúvidas.

Por Serrana Filetti

App FGTS Trabalhador



Como consultar o saldo e o extrato da Nota Fiscal Paulista


É simples e fácil consultar o saldo ou o extrato da Nota Fiscal Paulista. Após efetuar a consulta, o consumidor pode optar por duas formas de recebimento: transferência para conta bancária ou abater o valor do IPVA do ano seguinte.

No mês de outubro (2015), os consumidores cadastrados no programa Nota Fiscal Paulista podem usufruir dos créditos por meio de transferência bancária para conta corrente ou poupança, ou então, transferir para quitar a dívida do IPVA 2016. Porém, para saber o valor disponível para escolher entre essas opções de créditos citadas, é necessário saber como consultar o saldo ou extrato da Nota Fiscal Paulista.

Desta forma, é importante conhecer o procedimento de consulta do saldo ou extrato da Nota Fiscal Paulista (NFP), que funciona da seguinte maneira:

– O cidadão deverá entrar no site da Nota Fiscal Paulista (www.nfp.fazenda.sp.gov.br) e inserir o CPF referente ao consumidor, juntamente com a senha cadastrada no programa. Ressaltando que, para os consumidores que não efetuaram o cadastramento, podem fazer gratuitamente no site da NFP.

– Após inserir CPF e senha, o contribuinte poderá, por meio da plataforma do site da Nota Fiscal Paulista, consultar os créditos recebidos no programa e acessar todas as notas fiscais emitidas por meio do CPF.

Dentro do site, depois de consultar saldo e extrato, o consumidor, pode optar por duas formas de recebimento: transferência para conta bancária ou abater o valor do IPVA do ano seguinte.

Ressaltando que a iniciativa da Nota Fiscal Paulista foi pioneira em devolução de parte do imposto pago, aos consumidores. Com isso, o programa deu tão certo que foi adotado em outros estados brasileiros.

O programa estimula os contribuintes a exigirem em todos os estabelecimentos comerciais por onde passarem a nota fiscal. Porém, o consumidor não pode esquecer de sempre informar o número do CPF ou CNPJ nos comércios onde forem adquiridas mercadorias. Além disso, esse crédito da Nota Fiscal Paulista fica disponível para ser utilizado no período de até 5 anos, contando da data de disponibilidade do crédito no site da NFP.

Por Stephanie Rodrigues do Nascimento

NFP