Novo RG – Principais Mudanças na Nova Carteira de Identidade Digital

Nova carteira de identidade digital passará a ser emitida a partir de março. Confira aqui mais detalhes.

Já faz um tempo que surgiu na internet a notícia que no Brasil um novo RG seria adotado. Porém, o ano de 2021 acabou terminando e nenhuma novidade sobre o tema surgir.

Contudo, nesta semana surgiu uma notícia que coloca o novo RG como uma realidade muito próxima.

Na verdade, os brasileiros já aguardam faz muito tempo por um documento de identificação que reúna dados de outros documentos além da identidade, como título de eleitor, CPF, Carteira de Trabalho e CNH.

Um documento assim iria facilitar muito a vida dos brasileiros. Afinal, não é nada bom ter que levar sempre aquele tanto de documentos, correndo o risco de sempre faltar algum em um momento em que é indispensável.

O novo documento já tem data marcada para chegar. A emissão terá início a partir do mês de março deste ano. Contudo, inicialmente será apenas um momento para a sua implementação.

Por isso, terão acesso a DNI, que é o Documento Nacional de Identidade, os trabalhadores da Justiça Eleitoral, além de servidores de outros órgãos públicos.

Isso ocorrerá para fazer um teste e assim possibilitar a melhoria dos usuários e poder assim aprimorar o processo.

Assim que o documento passar por essa primeira experiência, os próximos beneficiados serão os mineiros. Essa escolha de estado depois de um acordo realizado pelo Instituto de Identificação local.

Assim, ao longo do ano de 2022 os brasileiros residentes em outros estados cidadãos também poderão contar com a oportunidade de ter uma nova carteira de identidade.

De modo geral, a partir do mês de fevereiro do ano de 2023 o novo documento estará disponível para toda a população brasileira.

De acordo com as primeiras informações, o novo documento de identidade não será em papel, como o nosso atual. O documento passará a ser digital, contando com um aplicativo que será gratuito e que se utilizará de tecnologias já utilizadas pelo TSE e pelo Serpro.

Será possível instalar o app em tablets e smartphones que atuam com o sistema Android.

Além da vantagem de não ter que carregar vários documentos, o novo RG ainda oferece outras vantagens, como:

– Acessar com mais facilidade os serviços públicos;

– Rapidez na identificação e pessoas que possam receber benefícios do governo;

– Segurança maior para evitar falsificação;

– Incluir um nome social e sem precisar alterar o registro civil.

– Declarar gênero (não binário);

– Reunião de dados dos documentos mais importantes;

– Inclusão de dados que indiquem Necessidades especiais ou CDI.

Vale ressaltar que o documento visa a inclusão de dados de documentos, por isso não é obrigatório adicionar outras informações, sendo assim facultativo.

Você pode estar interessado em obter o novo RG e ao mesmo tempo se perguntando como fazer isto.

Pois bem, o novo documento estará acessível para pessoas que já fizeram o chamado cadastramento biométrico, que é feito pela coleta de uma foto e pela coleta de impressões digitais, pela Justiça Eleitoral.

Ou seja, só será emitido o novo documento de identificação para quem já teve suas digitais recolhidas e inseridas na BDICN, que é a Base de Dados da Identificação Civil Nacional.

Após a instalação do aplicativo o cidadão vai colocar seus dados em um tipo de pré-cadastro, finalizando a solicitação por meio de um ponto de atendimento, seja virtual ou físico.

Já vimos que o novo RG oferece diversas vantagens e por isso a sua adoção é muito viável para toda a população brasileira. Com ele os trâmites ficarão mais rápidos e as falsificações mais difíceis de serem realizadas. Será um longo processo de adaptação, até que todos, ou pelo menos a maioria dos cidadãos, tenham acesso a essa nova tecnologia.

Ana Paula

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.