Bari Card – Cartão de Crédito com limite de R$ 1 milhão



Banco Bari lança cartão de crédito com limite de R$ 1 milhão no Brasil.

O novo Banco Bari, instituição recém-criada através da financeira Barigui acaba de lançar um novo produto no mercado: um cartão de crédito com o limite e 1 milhão de reais.

O cartão de crédito funciona com base em garantias imobiliárias atreladas ao detentor do cartão, quer dizer, o cliente para usar o limite precisa ter imóveis em valores de mercado compatíveis.



A financeira é especialista na prática de securitizar imóveis através de ativos imobiliários, movimentando mais de R$ 6 bilhões em operações realizadas, com a transformação do grupo financeira em um banco, seria natural atrelar toda está experiência em um produto inovador para o mercado, como bem coloca seu presidente, Rodrigo Bari.

Como funciona o cartão de crédito

O Bari Card é emitido na bandeira Elo, o limite de R$ 1 milhão só é possível para quem oferecer garantias imobiliárias superiores a R$ 2 milhões, isto significa que o limite obedece a proporção mínima de 50% do valor do imóvel oferecido como garantia.

Leia também:  Calendário de Pagamento do Saque-Imediato do FGTS


O Banco Bari ainda oferece algumas vantagens adicionais ao cliente que adotar este cartão:

  • Possibilidade de sacar valores correspondente até 90% do limite do cartão de crédito;
  • Contratação de crédito de forma totalmente digital;
  • Possibilidade de parcelamentos em até 120 parcelas com juros abaixo do mercado;
  • Utilização tanto para pessoas físicas como jurídicas;
  • Possibilidade de qualquer empresa ou indivíduo poder adotar o cartão, desde que seja proprietário do imóvel, tenha capacidade de pagamento e possa ser aprovado nas análises financeiras do banco.

À garantia permite praticar baixas taxas de juros

Este tipo de cartão, atrelado à uma garantia já especificada pelo cliente, permite às instituições financeiras adotarem juros menores nos empréstimos.

Uma das bandeiras do Banco é justamente esta. Se o cliente tomar valores até o limite de R$ 30 mil, à taxa de parcelamento oferecida é de 1,99% sempre ao mês.

Porém, se os valores forem maiores, o banco oferece taxas diferenciadas de no mínimo 1,09% ao mês mais a variação do IPCA, às taxas são possíveis por conta das operações home equity que o banco realiza sobre o imóvel atrelado como garantia, barateando os valores das parcelas.

Leia também:  Cartão Caixa Simples para Aposentados e Pensionistas

Se compararmos às demais taxas praticadas no mercado teremos valores bem abaixo da média, um cartão de crédito tradicional oferecido pela maioria dos bancos tem taxas próximas de 9% ao mês ou mais de 170% ao ano.

Hoje às opções mais baratas são os cartões de crédito consignados (sempre dependentes às aposentadorias) que não passam de 3% ao mês nas suas taxas.

Oferta do cartão ainda é restrita

Os interessados que moram nas regiões Norte e Nordeste deveram aguardar um pouco mais, por enquanto o banco só está oferecendo o produto nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, estás regiões são estratégicas por que já concentram operações do banco.

A parceira com a Elo também se mostrou positiva neste ponto, a bandeira foi criada pelos bancos Bradesco e Banco do Brasil em 2010 e hoje conta com mais de 120 milhões de cartões já emitidos, sendo aceita em pouco mais de 7,5 milhões de comércios e estabelecimentos no território nacional.

Leia também:  Como ser um Entregador do Uber Eats

Ainda existe a possibilidade dos clientes usarem o cartão em compras internacionais através da parceira com a rede Discover, aonde o Bari Card pode ser aceito em cerca de 190 países.

Mercado (e potencial) para este tipo de produto é muito grande

Luiz Albornoz, diretor atual do Banco Bari aponta esta tendência, ele cita que o crédito tomado com garantia no país gira em torno de R$ 15 bilhões, porém o potencial estimado é de no mínimo 20 vezes este montante, quer dizer algo em torno de 300 bilhões.

Mais informações podem ser obtidas através do site do banco: Banco Bari (www.bancobari.com.br).

Agora é aguardar a receptividade do mercado e, principalmente, da concorrência!

Por Carlos B.

Cartão Bari

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *