Consultar os Pagamentos do FGTS por App ou SMS





É possível acompanhar os pagamentos realizados no FGTS por meio de um aplicativo ou por SMS.

Nos dias de hoje são oferecidas ferramentas que possibilitam realizar consultas de depósitos no FGTS através de um aplicativo ou via SMS.

É isso mesmo! A partir de agora, trabalhadores conseguem ter acesso ao extrato do FGTS, assim como outras informações, tanto por meio de um novo aplicativo criado quanto por mensagem de texto. Quer saber mais como realizar essa consulta? Pois bem! Não deixe de acompanhar as informações abaixo.




Antes de tudo, para quem não sabe, o FGTS, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, foi um direito trabalhista criado em 1966, com a finalidade de proteger todos os trabalhadores que são demitidos sem justa causa. Desse modo, o FGTS funciona de uma forma bastante prática e simples, isto é, a partir do momento que o trabalhador assina o contrato de trabalho, é criada uma conta na Caixa Econômica Federal. Sendo assim, tem acesso ao benefício do FGTS o trabalhador que tenha realizado o contrato com a empresa, de acordo com o regime de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Desse modo, trabalhadores autônomos ou informais não tem acesso ao FGTS.

Leia também:  Bari Card - Cartão de Crédito com limite de R$ 1 milhão

Como foi dito anteriormente, imediatamente após o fechamento do contrato entre o contratante e o trabalhador, é obrigatório abrir uma conta, em nome do novo empregado na Caixa Econômica Federal. Com isso, todo mês o empregador deve depositar 8% do salário de seu funcionário.


Evidentemente, a partir do momento em que o dinheiro entra na conta, os depósitos, bem como os valores de dinheiro passam a pertencer os empregadores de modo integral. No entanto, é importante ressaltar que não é possível retirar essa quantia em qualquer momento, isto é, quando o FGTS foi criado, criou-se também situações específicas em que o FGTS poderia ser sacado. Podemos ver algumas dessas situações logo abaixo:
Caso o titular da conta vinculada à Caixa tenha 70 anos de idade ou mais; A partir do momento que o trabalhador consegue se aposentar; Caso o trabalhador ou algum dos seus dependentes seja portador de doenças graves como, por exemplo, câncer ou HIV;
Ao fim do contrato realizado por um prazo que já havia sido determinado; Quando o empregado quiser adquirir moradia própria, ou liquidar dívidas ou outros pagamentos relacionados a prestações envolvidas a financiamento habitacional; Ao liquidar ou amortizar o saldo devedor e o pagamento de pelo menos parte das prestações em sistemas de consórcio ou imobiliários.

Leia também:  Salário Mínimo 2019 - Novo Valor

Agora que já foi explicado o que é o FGTS, como é possível consultar o saldo do FGTS?

Como já mencionado antes, o FGTS é depositado todo mês. Sendo assim, é de imprescindível importância que o trabalhador não deixe de manter-se atualizado quanto ao valor que é disponibilizado em sua conta. Tendo isso em vista, além de conferir que a empresa está realmente realizando os depósitos de forma correta e regular, fazer o acompanhamento frequentemente é bom para que o trabalhador possa acompanhar os seus rendimentos de mês a mês que estão no seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.
A tecnologia facilitou tanto a vida do trabalhador, que tornou possível consultar o saldo da conta do FGTS de maneira simplificada através do celular. Com isso, é possível realizar uma consulta breve graças ao aplicativo criado ou mesmo a uma simples mensagem de texto.

Leia também:  Declaração do IRPF 2019 - Prazo

O aplicativo foi disponibilizado pela Caixa Econômica Federal e está disponível para celulares smartphones Android e iOS. Não há muito segredo sobre como mexer no aplicativo, já que ele foi desenvolvido justamente com o intuito de facilitar a vida de todos os trabalhadores, desse modo, o acesso é bem intuitivo.

O primeiro passo é baixar o aplicativo no celular e realizar o cadastro da conta do FGTS no app, após essa etapa, já é possível atualizar as informações. No entanto, no primeiro acesso, é preciso preencher um campo indicando o número do NIS. Vale ressaltar que é necessário criar uma senha de acesso, que deverá ser utilizada em outros acessos realizados futuramente, por isso, é importante registrá-la em um local de segurança.
Já por SMS, é preciso fazer o cadastro pelo site da Caixa Econômica, informando o INS e preenchendo um formulário contendo informações pessoais, incluindo o número do celular.

Por Ana Paula Oliveira Coimbra

Consulta FGTS