Seguro-Desemprego pela Internet



  

Nova facilidade para os segurados: dar entrada no seguro-desemprego pela internet.

Toda pessoa que trabalha com carteira registrada ou que já trabalhou sabe que em casos de demissão, ou baixa na carteira por diversos motivos, o trabalhador pode contar com o auxílio-desemprego que é realmente uma ajuda financeira para quem acaba de ficar desempregado. Assim, todo mês este trabalhador tem direito a receber um salário mínimo. A quantidade de parcelas a receber depende do tempo em que esta pessoa esteve contratada.

Contudo, todos que já passaram por isso sabe que até agora para ter o direito de receber este seguro, o trabalhador deveria procurar uma agência da Caixa Econômica Federal que é a instituição que administra os recursos do Fundo do Trabalhador, levando seus documentos pessoais e outros que possam comprovar essa situação, ou ainda agendar um horário para a entrega desses documentos no Sistema Nacional de Empregos, o Sine. Porém, na maioria das vezes as filas nas agências são extremamente longas, as pessoas têm que chegar muito cedo, antes mesmo das agências abrirem e o atendimento é lento, fazendo com que o trabalhador passe praticamente o dia para dar entrada nesses papéis. Sem falar que muitas vezes acontece de algum documento estar faltando e o processo de entrada no benefício não ser concluído, tendo o trabalhador que retornar.

Leia também:  Salário Mínimo Regional Rio Grande do Sul 2017

Uma mudança realizada pelo Governo Federal pode acabar com essa situação de filas intermináveis, documentos, enfim, o trabalhador terá a partir de agora mais facilidade para dar entrada no seu seguro-desemprego.

É que quem precisar fazer a solicitação do seguro-desemprego poderá fazê-la agora por meio da internet, o que irá facilitar muito avida do trabalhador que precisa do benefício e também das agências.

Essa novidade que agradou a muitos faz parte de um pacote de mudanças realizadas pelo governo federal, para dar mais qualidade ao atendimento aos trabalhadores.

Desse modo, a partir dessa mudança o trabalhador assim que receber da empresa empregadora os documentos demissionais, que até agora eram apresentados a uma agência da Caixa, poderá dar entrada no pedido deste benefício usando a internet.

Ao dar entrada por meio da internet, existe um prazo total de 30 dias para o recurso ser liberado. Mas ainda é preciso que os documentos sejam entregues, mas ao dar entrada pela internet o processo de liberação do benefício tende a ser mais rápido.





Outra novidade do Ministério do Trabalho é o lançamento de uma Carteira de Trabalho Digital. Na realidade trata-se de uma digitalização do documento tradicional, que terá uma versão eletrônica, mas que ainda não pode substituir totalmente o documento de papel.

Leia também:  Saque do FGTS Inativo poderá ser feito no Final de Semana

O intuito da criação dessa versão eletrônica também é tornar mais rápido o acesso à informações que constam no documento como os contatos de trabalho passados e atuais e outras informações que sejam necessárias e que poderão ser acessadas até mesmo por aparelhos celulares.

Para quem não possui ou acabou perdendo a sua carteira de trabalho, também por meio de um aplicativo será possível solicitar um novo documento.

E as novidades não param, estamos falando da Escola do Trabalhador que é uma plataforma digital que será utilizada no ensino na modalidade a distância. Essa plataforma de ensino foi criada em resposta ao grande número de trabalhadores brasileiros que não possuem nenhum tipo de capacitação e muitas vezes são excluídos de oportunidades de trabalhos. Assim, a expectativa do Governo Federal é que em apenas um ano de atividades a plataforma seja utilizada para qualificar até 6 milhões de brasileiros.

E por último ainda temos o lançamento de um novo aplicativo que também auxiliará os trabalhadores em situação de desemprego na busca por novas oportunidades. Trata-se do aplicativo Sine Fácil.

Leia também:  Salário Mínimo - Valor em 2017

Enfim, o que o governo propõe é a utilização da internet, hoje tão popular, para facilitar a vida do trabalhador.

Por Sirlene Montes

Seguro-desemprego pela internet