Prazo para realizar o saque das Contas Inativas do FGTS



  

A data limite para realizar o saque das Contas Inativas do FGTS é dia 31 de julho de 2017.

Em dezembro do ano passado o presidente da república Michel Temer fez um pronunciamento em que liberava a partir de 2017 o saque do saldo das contas inativas do FGTS. Após esse pronunciamento milhões de brasileiros passaram a acessar o site da Caixa Econômica Federal, que é a responsável pelos pagamentos do Fundo Garantidor por Tempo de Serviço, para obter informações e verificar se possuíam esse direito.

Passados dois meses, o Governo Federal junto à Caixa publicou no último dia 14 o Calendário com as datas dos vencimentos. Segundo esse cronograma todos os saques devem acontecer em um período de 5 meses, que começa no dia 10 do mês de março e se encerra no dia 31 do mês de julho.

A expectativa é de que sejam sacados durante esse tempo cerca de 40 bilhões de reais. Considerando o fato de ser um prazo relativamente curto, a Caixa Econômica Federal anunciou que durante esse tempo irá abrir suas agências duas horas mais cedo. Além disso, ainda está sendo estudado o fato de as agências também se mantiverem abertas nos finais de semana, algo ainda a ser discutido.

Leia também:  Salário Mínimo no Paraná em 2017

Nesse sentido, para que não haja muitas dúvidas e nem qualquer tipo de dificuldades em relação ao FGTS de contas Inativas, foi criado um site para dar todas as informações necessárias sobre o tema que é o www.caixa.gov.br/contasinativas.

A Caixa recomenda que aqueles que possuem o direito de sacar o dinheiro do FGTS de contas inativas fiquem atentos a data no calendário, que é baseado considerando a data de nascimento dos beneficiados.





Nesse sentido, a instituição ainda deixa claro que a data limite para realizar o saque é no dia 31 do mês de julho de 2017. Ao passar essa data ninguém mais poderá realizar o saque, mesmo quem possui esse saldo.

Leia também:  Calendário de Pagamento do Abono Salarial PIS PASEP 2017

O dinheiro que quem não fazer a retirada até essa data limite será automaticamente transferido para o FAT, que é o Fundo de Amparo ao Trabalhador.

Dessa forma, se você já verificou e já sabe que possui um saldo a ser sacado, consulte o calendário na página da Caixa e aguarde a sua vez de sacar. Planeje-se e não deixe de sacar na data certa, isso é bom para o Brasil e melhor para você.

Por Sirlene Montes

FGTS