Compras de Natal irão diminuir em 2016



  

Queda esperada será de 5,3% e o valor médio dos presentes será de R$ 110,00.

As compras de presentes de Natal devem sofrer uma queda de 5,3% se comparado ao ano passado, segundo apontou um estudo feito pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito Brasil) e pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas).

De acordo com a pesquisa neste ano de 2016, o valor médio de cada presente será em torno de R$ 110,00, já os presentes de 2015 tinham valor médio de 107,00 e os de 2014 aproximadamente R$ 125,00.

Entre as mulheres e consumidores que pertencem a Classe C os gastos tendem a ser menores, estando em torno de R$ 84,65 para as mulheres e R$ 101,42 para os de classe C.

Ainda segundo a pesquisa, não só diminuiu o valor do presente, como também o número de presentes comprados para o Natal. Enquanto que no ano passado cerca de 109,3 milhões de pessoas compraram pelo menos um presente, para este ano a estimativa do estudo é que 107,6 milhões de brasileiros comprem.

Leia também:  Regras para o Pagamento do Cartão de Crédito

Dessa forma, ao que os números indicam, três consumidores a cada dez devem comprar um número menor de presentes, o que representa 28,7%. Já os que compraram menos em 2015 representaram 22,8%.





Há também aqueles que vão gastar mais com as suas compras de Natal, e somam somente 18,8% dos consumidores. Mas 26,4% dos consumidores afirmam que o aumento dos gastos se deve ao fato de os preços terem subido.

Uma outra parte destes consumidores, o equivalente a 19%, dizem que terão que pagar mais pois a lista de presenteados aumentou. Outros 15% devem optar por presentes melhores e que consequentemente custam mais.

Mas segundo a pesquisa ainda existe uma parcela da população que equivale a 20,4%, que ainda não planejou as compras de Natal, e 7,4% afirma que este ano serão presenteadas somente as pessoas mais próximas. O total de indecisos somam algo em torno de 30 milhões de potenciais compradores.

Leia também:  Boato sobre Fim do 13º Salário se Espalha na Internet

A conclusão da pesquisa é que a diminuição com as compras e presentes de Natal se deve ao fato das pessoas precisarem economizar. Muitos perderam o emprego, tiveram o custo de vida aumentado pela crise e devem priorizar outros gastos, com o pagamento de dívidas. Diante disso, o número de pessoas que não vai comprar nenhum presente neste Natal representa 7,4% da população.

Por Sirlene Montes