INSS deve ter alta de 40,5% no déficit orçamentário em 2016



  

Índice representa R$ 124,9 bilhões em déficit no orçamento do sistema previdenciário brasileiro em 2016.

Uma notícia bastante preocupante para o sistema previdenciário brasileiro é a de que o setor deve registrar alta em seu déficit no ano de 2016. Dessa forma, em 2016 o déficit orçamentário do Instituto Nacional do Seguro Social deve sofrer aumento de 40,5%. Vale ressaltar que tal aumento representa a marca de R$ 124,9 bilhões em déficit. Saiba que tal expectativa é a previsão oficial do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, publicada em 31 de agosto. Caso confirmado será a primeira vez que o déficit aqui citado ultrapassa a marca de R$ 100 bilhões.

Além disso, saiba que apenas para 2015 é esperado que tenhamos um resultado negativo de R$ 88,9 bilhões. Portanto, o aumento do déficit de 2015 para 2016 seria de R$ 36 bilhões, caso confirmado. Tal previsão para o orçamento da previdência social faz parte da proposta do Orçamento de 2016 enviado ao Congresso Nacional pelo Governo Federal.

Leia também:  FGTS Contas Inativas - Dúvidas e Informações

Em nota oficial, o Ministério do Planejamento já destacou que será preciso adotar medidas legais, bem como infralegais para conter o exacerbado resultado negativo das contas do INSS. Além disso, o Ministério do Planejamento também destacou que tais medidas devem ser discutidas no Fórum da Previdência Social.





Vale ressaltar que o setor aqui destacado vem passando por diversos problemas. Além disso, o conflito político em torno do assunto também merece bastante destaque. Em junho deste ano, por exemplo, o Congresso Nacional derrubou o fator previdenciário proposto pelo Governo Federal. Tal fator nada mais é que uma fórmula matemática que visava reduzir os benefícios daqueles que se aposentam antes da idade mínima que é de 60 anos para mulheres e 65 anos para homens. Com isso, o Governo Federal visava incentivar o contribuinte brasileiro a trabalhar por ainda mais tempo.

Leia também:  Como Calcular o Valor do Seguro-Desemprego

Após a derrota aqui citada, o Governo Federal enviou Medida Provisória ao Congresso Nacional. Através de tal medida o Governo propôs um avanço gradativo na regra para aposentadorias, visando que a mesma chegue a uma formula de 90/100 em 2022.

Por Bruno Henrique

Déficit no INSS