Restituição do Imposto de Renda (IRPF) 2015 – Calendário de Pagamento



  

Receita Federal divulga Calendário de Restituição do Imposto de Renda 2015. Liberação dos lotes acontecerá entre junho e dezembro deste ano.

A Receita Federal divulgou esta semana o Calendário de Restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2015. De acordo as informações que foram divulgadas, as restituições serão realizadas entre os meses de junho e dezembro deste ano.

As restituições do Imposto de Renda serão divididas em 7 lotes e terão prioridade as pessoas com mais de 60 anos. Além disso, contribuintes com moléstias graves e os portadores de deficiência física e mental também serão priorizados. Porém, é importante lembrar que caso estes contibuintes caiam na malha filha, perderão esta prioridade.

O Calendário de Restituições do Imposto de Renda ficou da seguinte maneira: No dia 15 de junho (segunda) serão disponibilizadas as restituições do primeiro lote. Já no dia 15 de julho (quarta) a Receita irá liberar o segundo lote de restituições. No dia 17 de agosto (segunda) haverá a liberação do terceiro lote de restituição. No dia 15 de setembro (terça-feira) a Receita irá liberar o 4º lote de restituições. Já no dia 15 de outubro (quinta) será liberada o 5º lote de restituições. O 6º lote de restituições será liberado no dia 16 de novembro (segunda). E por fim, o 7º e último lote de restituições será liberado no dia 15 de dezembro (terça).

Leia também:  Salário Mínimo 2018 - Novo Valor depende da aprovação de Temer




É importante lembrar a todos os contribuintes que o valor das restituições serão depositados nas contas bancárias que foram informadas nas declarações. Estes valores serão corrigidos pela taxa Selic de maio até o mês anterior ao do pagamento, mais 1% no mês em que o dinheiro for depositado.

Já no dia 15 de janeiro de 2016, a Receita Federal irá começar a pagar os lotes residuais dos contribuintes que caíram na malha fina, à medida em que estes forem regularizando as suas situações perante a Receita Federal.

É importante lembrar a todos que o prazo final para a entrega do IMosto de Renda é o dia 30 de abril. Portanto, não deixa para a última hora e envie a sua declaração o quanto antes. Vale lembrar que no último dia normalmente o site da Receita Federal está congestionado (devido ao grande número de acessos) e as chances do contribuinte não conseguir enviar a sua declaração são grandes.

Leia também:  Pagamento do Lucro do FGTS