Salário Mínimo RJ 2015 – Valor do Piso Salarial



  

Confira aqui o valor do salário mínimo no Rio de Janeiro. Piso Salarial será válido por todo o ano de 2015.

O Governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, sancionou o reajuste de 9% para o piso salarial e assim, 8 faixas salariais serão beneficiadas de forma retroativa. Pezão só vetou a inclusão dos jornalistas nestas categorias que serão contempladas. Estas 8 faixas salariais que foram contempladas, são relativas às categorias profissionais que ainda não tinham uma definição por lei federal, nem convenção ou muito menos um acordo coletivo que lhes garantisse um reajuste.

O reajuste de 9% foi sancionado na quarta-feira, dia 1º de abril, sendo que a princípio o Governador Pezão tinha enviado à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro um reajuste da ordem de 7,5% e seria para 9 faixas salariais.

Após uma análise, o parlamento optou por um aumento de 9%, ficando acima até do crescimento do salário mínimo este ano, que foi de 8,8%.

Leia também:  Prazo para Saque do Abono Salarial (PIS/PASEP) 2014

Outra decisão dos parlamentares foi quanto à aprovação da emenda que vem a extinguir a Faixa Salarial 1, referente à categoria dos Agricultores. Desta forma, esta categoria foi para o nível 2 de remuneração, que assim como as outras 7 categorias, foram remuneradas de forma que, a que teve o piso salarial menor ficou em R$ 953,47 e a 8ª, que teve o maior piso salarial, ficou em R$ 2.432,72.





A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro e o Governador Luiz Fernando Pezão não tiveram nenhuma divergência em relação à aprovação do piso salarial para 2015 no Rio de Janeiro, apesar de algumas pequenas diferenças entre os lados envolvidos.

Pezão acabou concordando com a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro em quase tudo, pois o único veto do Governador do Rio de Janeiro foi em relação à inclusão da classe dos Jornalistas na faixa 8, conforme tinha sido definido pela ALERJ, que desejava ter os jornalistas nesta classe salarial mais alta para o piso estadual. Além dos Jornalistas, a ALERJ inclui mais 5 categorias que antes não eram contempladas, sendo elas: Técnico de Instrumentação Cirúrgica, Sociólogo, Motoristas de Ambulância, Auxiliar de Massagista e também Maqueiro.

Leia também:  Novozymes recebe Prêmio Cátedra Unesco

Por Russel