Preço médio da cesta básica de SP teve recuo em janeiro




O preço médio da cesta básica do paulistano sofreu um recuo de 0,46% ao longo do mês de janeiro. Isso se deve muito à contribuição dos itens de Higiene Pessoal que sofreram uma queda significativa. Segundo informações do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o preço pago pelo conjunto de 31 produtos básicos na cidade de São Paulo em dezembro de 2014 era de R$ 422,84. No mês de janeiro/2015 foi e R$ 420,89.

Se analisado o período dos últimos 12 meses encerrados em janeiro, a cesta básica acumula alta de 11,23% em relação a idêntico período encerrado em janeiro de 2014.

Leia também:  Pesquisa Salarial 2018 - Diferença pela Escolaridade pode chegar a 118%

Com a ajuda dos produtos de Higiene Pessoal, que sofreram queda de 0,97%, e Limpeza, com queda de 0,63%, o preço da cesta básica conseguiu fechar o mês de janeiro em baixa. A queda de preços no âmbito destes dois grupos desperta atenção, devido ao fato de se tratarem de matérias primas químicas cujos preços são cotados em dólar.

Vale lembrar que em janeiro de 2015 a moeda americana subiu 1,13% e relação a dezembro do ano passado, saindo de R$ 2,6550 para R$ 2,6830.  

Os alimentos também contribuíram para a queda do preço da cesta básica na cidade paulistana em janeiro. Segundo dados do Procon/Dieese, o recuo foi de cerca de 0,39%.  Se forem comparados item por item, a cesta básica paulistana se manteria estável. Dos 31 produtos que compõem a relação de produtos, 14 tiveram seus preços reduzidos, 14 aumentados e apenas 3 mantiveram-se como estavam em dezembro.  

Leia também:  Pagamento da 1ª Parcela do 13º Salário para Aposentados do INSS - 2018

Entre os produtos que se destacam na queda de preços estão farinha de mandioca torrada (11,11% o pacote de 500 gramas), papel higiênico (5,21% pacote com 4 unidades), leite em pó integral (3,37% embalagem de 400 – 500 gramas), alho (3,17% o quilo) e desodorante spray (2,90% a embalagem de 90-100 ml).  

Já em relação aos que apresentaram alta, estão o feijão carioquinha (16,47% o quilo), cebola (5,86% o quilo), biscoito de maisena (3,87% o pacote de 200 gramas), linguiça fresca (3,55% o quilo) e sabonete (3,41% a unidade de 90 -100 gramas).

Por William Nascimento

Cesta b?sica