Salário mínimo deveria ser de quase R$ 3 mil no Brasil




De acordo com informações explicitadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o salário mínimo do brasileiro deveria interligar ao valor exato de R$ 2.979,25 no mês de junho, para que as famílias conseguissem completar as precisões básicas que o cotidiano impõe a cada indivíduo.

Referente aos cálculos realizados pela instituição, a remuneração referenciada pelo menor valor deveria corresponder a R$ 724, o que não institui atualmente o salário mínimo do país, sendo evidenciado por uma quantia bem menor.  


As análises foram feitas e os estudos concretizados pelo estabelecimento, de acordo com o custo de cada cesta básica, foi evidenciado como a categoria “mais cara no mês”, a somatória de alentos de São Paulo.

Leia também:  Valor do Salário Mínimo 2019

A imposição constitucional que argumenta sobre o aumento do salário mínimo, designa que a remuneração favorecida a nação brasileira seja capaz de prover as obrigações fundamentais de um grupo familiar com aspectos essenciais ao desenvolvimento e sobrevivência dos mesmos, integrando indispensavelmente saúde, higiene, educação, alimentação, previdência, lazer, moradia, transporte e vestuário.

Concernente às cotações realizadas em vários estados que contribuíram com a avaliação dos preços em relação aos alimentos essenciais, foi detectado que a cidade de São Paulo é a qual emprega a cesta básica mais cara, resultando na adição de R$ 354,63.


A segunda cidade destacada ao maior valor, direcionado pelo item em contexto é Florianópolis, concretizando a soma total de mantimentos em R$ 353,76. Por conseguinte ao mesmo quesito a cidade de Porto Alegre, indicando a finalização de R$ 351,36. Porém, Florianópolis foi direcionada a cidade que mais atribuiu o aumento da totalidade estipulada à acessibilidade dos trabalhadores.

Leia também:  Projeto permite saque do FGTS por trabalhador que pede demissão

Realizando novas avaliações neste mês de julho, foi confirmado que das 18 capitas estudadas pelo Dieese, dez sofreram alterações nos preços, provocando expressiva diminuição para o bem da população. Em referencia ao mês de junho ante maio, as pesquisas efetivadas sugeriram alta de preço em 16 cidades, porém duas delas conseguiram reduzir gradativamente o valor expressado sendo elas João Pessoa favorecendo o abaixamento de 1,32% e Aracaju de 0,17%.

Por Lorena de Oliveira

11 comentários em “Salário mínimo deveria ser de quase R$ 3 mil no Brasil

  1. Lisiane Leite Kaiowá · Editar

    pois é… e ainda tem o desafio de produzir sem destruir irreversivelmente os recursos naturais, sem matar o cabra num regime de semi-escravidão, sem habitar desordenadamente, nem criar ilhas de gentrificação… senão também não traz nenhum avanço social.Qual será o "produto" que traz isso?

  2. Lisiane Leite Kaiowá · Editar

    pois é… e ainda tem o desafio de produzir sem destruir irreversivelmente os recursos naturais, sem matar o cabra num regime de semi-escravidão, sem habitar desordenadamente, nem criar ilhas de gentrificação… senão também não traz nenhum avanço social.Qual será o "produto" que traz isso?