Dieese divulga Valor do Salário Mínimo Ideal



  

Depois de cair por 5 meses consecutivos, o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) recalculou o valor ideal do salário mínimo e chegou em R$ 2.765,44. Para atender as necessidades básicas da família brasileira, o salário mínimo deveria aumentar 4 vezes e só assim estaria de acordo para prover ao brasileiro boas condições de sustento. Com mais de 48 milhões de pessoas dependendo desse valor e até mesmo com inúmeros concursos pagando um valor muito menor que aquele considerado ideal, este é mais um indicador de que mesmo como 6ª economia mundial, existem metas a serem cumpridas.

Com produtos e serviços cada vez mais caros, não é de espantar que o valor estipulado como mínimo não esteja de acordo com um padrão de vida se quer mediano. Em um país onde Educação e Saúde não possuem boa qualidade e nos forçam a adquirir recursos privados, nem é possível imaginar como essas mais de 48 milhões de pessoas fazem para manter seus recursos de comunicação atualizados, pois toda a verba disponível no mês precisa ser convertida em alimentação e moradia.

Leia também:  Empréstimo Consignado - FGTS poderá ser Usado como Garantia

O salário mínimo ideal é calculado com base na cesta básica. Mesmo sendo 4 vezes menor, ainda assim o atual salário mínimo corresponde a compra de 2,23 cestas básicas, isso supera o poder de compra dos últimos 35 anos.





Em planilhas divulgadas pelo órgão da pesquisa, é desanimador ver que até onde a vista alcança, o salário nunca superou a estimativa. Pelo menos o novo reajuste ocorrido no início deste ano, com aumento de 6,78% em relação ao anterior, vai aquecer a economia brasileira em R$ 28,4 bilhões. 

Por Vinícius Leite