Empregos na Indústria – Queda de 0,5% em Maio de 2013



  

De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (Pimes) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o emprego recuou 0,5% na indústria brasileira no mês de maio se comparado com o mês de abril.

Nos primeiros meses do ano, o indicador havia apresentado estabilidade, sendo que no mês de maio aconteceu a primeira queda. Se comparar o indicador de maio de 2013 com maio de 2012, a queda foi maior, chegando a -0,7%.

No acumulado dos meses desse ano, o recuo chega a 0,8%. Já no acumulo dos últimos doze meses, o emprego na indústria brasileira teve queda de 1,3%.





Os principais setores que influenciaram a queda no indicador foram: vestuários (-2,5%), aparelhos eletrônicos (-3,5%), calçados e couro (6,5%) e equipamentos (-3,3%). Os setores que tiveram alta de emprego foram: borracha e plástico (2,7%) e alimentos e bebidas (com alta de 2,4%). Foi a alta nesses setores que impediu que o indicador fosse ainda pior.

Leia também:  Salário Mínimo Ideal - Valor em Agosto 2017

Mesmo com a queda nos empregos, o IBGE também divulgou que houve aumentos na folha de pagamento. O aumento foi de 1,7% em comparação com abril de 2013 e de 5,8% na comparação com maio de 2012.

Por Jéssica Posenato