Intenção de Consumo das Famílias (ICF) – Queda em Outubro de 2012



  

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) indicou em seu relatório mensal que a pretensão de consumo das famílias caiu no mês de outubro. Os dados do indicador de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) para a cidade de São Paulo mostra uma queda de 0,2% em outubro. O ICF de outubro ficou em 139,8 pontos contra um índice de 140,1 em setembro. Em relação ao mês de outubro de 2011, o índice apresentou uma subida de 3,4%, naquele mês o indicador ficou com 135 pontos.

O ICF mede o otimismo no consumo das famílias em uma escala que vai de 0 a 200 pontos. A Fecomercio-SP cogita em sua publicação que a queda do indicador deveu-se a elevação dos preços no mercado. Segundo a Federação, a elevação foi acima do esperado pelas famílias. Isso teria produzido um efeito negativo, impactando o poder de compra. Ainda segundo a nota, as famílias estariam gastando mais para comprar produtos básicos.

Leia também:  FGTS Inativo - Caixa pode Depositar Crédito Automaticamente nas Contas

Segundo o indicador, o que impactou mais na queda do índice foi o item "Perspectiva Profissional". Ele aponta uma variação negativa de 1,8%. O item "Renda Atual" recuou cerca de 1,5%, enquanto o item "Emprego Atual" observou uma alta de 0,4%. A Fecomercio-SP explica que houve um impacto neste último item em virtude da continuidade na geração de emprego, em especial as de caráter temporário.





Fonte: Exame

Por Matheus Camargo