Custo do Funcionário para a Empresa é quase 3 Vezes o Salário em Carteira



  

Um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), apontou que o custo para manter o trabalhador na empresa é 183% maior do que o valor do salário registrado em carteira. Os dados são relativos a uma remuneração de R$ 730 por mês para um funcionário do segmento têxtil que fica na empresa por um ano. A pesquisa foi apresentada na quarta-feira (dia 23 de maio).

O levantamento ainda demonstrou que, se o período de contratação do trabalhador for de cinco anos, o funcionário terá um custo de trabalho 155% maior do que o salário registrado em carteira. Apenas a efeito de comparação, se a renda do funcionário for de R$ 671,60 por um ano, o custo do trabalhador a cada mês será de R$ 2.067,44. Já a mesma renda em cinco anos gerará um custo mensal para a empresa de R$ 1.858,89 para manter o funcionário.

Leia também:  Como Calcular o Valor do Seguro-Desemprego




Os custos foram calculados levando-se em consideração os benefícios, como vale alimentação e refeição, vale transporte, auxílio creche, licença maternidade, cotas para portadores de necessidades especiais, entre outros. Os impostos e encargos trabalhistas (como 13º salário, aviso prévio indenizado, entre outros) também foram computados.

Fonte: Confederação Nacional da Indústria

Por Matheus Camargo