IPCA-15 apresentou alta em abril de 2012



  

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) ficou em 0,43% em abril. O resultado é maior do que o apresentado em março, quando foi registrado 0,25%.

Somando o valor de todos os meses deste ano, o índice ficou em 1,87%, resultado bem inferior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando ficou em 3,14%. Além disso, no acumulado dos últimos 12 meses, a taxa fechou em 5,25%, resultado também inferior ao valor dos 12 meses anteriores, que ficou em 5,61%. Os dados foram divulgados pelo IBGE na terça-feira (24/04).

O resultado acelerado do IPCA-15 foi influenciado principalmente pelos setores de despesas pessoais (de 0,6% para 1,43%) e de habitação (0,44% para 0,75%). O grupo habitação foi impulsionado pelo aluguel residencial, condomínio, mão de obra, artigos de limpeza e água e esgoto. Já na questão despesas pessoais, os destaques ficaram para o cigarro, empregado doméstico, cabeleireiro e manicure.




Das taxas regionais, a maior alta foi no Rio de Janeiro, que teve variação de 0,65%. Já o menor índice foi registrado em Salvador, de 0,09%.

O IPCA-15 teve seus dados coletados entre 15 de março e 13 de abril.

Por Matheus Camargo

Fonte: IBGE