Reajuste Salarial – Pesquisa indicou aumento real acima da inflação



  

O Sistema de Acompanhamento de Salários do Dieese analisou 702 unidades de negociação registradas no ano passado e comprovou que a maioria dos reajustes salariais teve aumento real, ou seja, ficou acima da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

De acordo com o estudo, 87% dos reajustes salariais do ano passado ficaram acima da inflação. Já 8% ficou no mesmo patamar, enquanto outros 6% ficaram abaixo.

O levantamento também comprova uma tendência que vem sendo verificada nos últimos anos. Segundo o Dieese, a grande maioria das categorias profissionais consegue ter aumento real no momento da negociação de data-base.





Ainda avaliando-se os dados publicados pelo Departamento, pode-se constatar que, nos últimos 16 anos, o Brasil passou por dois períodos. O primeiro deles aconteceu entre 1996 e 2003, quando a maioria dos reajustes era feito abaixo da inflação. Já de 2004 até hoje há uma reversão deste cenário, com o reajuste mantendo-se no mesmo patamar ou acima do INPC.

Leia também:  Empréstimo Consignado - FGTS poderá ser Usado como Garantia

Comparando-se 2010 com 2011, pôde-se perceber que os resultados foram parecidos, com aumento real em 87% das negociações e perda real em cerca de 5% delas.

Por Matheus Camargo

Fonte: Dieese