Saúde Pública no Brasil – Principais Problemas



  

No Brasil, 47 milhões de pessoas possuem plano de saúde, ou seja, 25% da população. Os outros 75% dependem da rede pública de saúde, isso equivale a 143 milhões de brasileiros.

De acordo com as informações do secretário de Gestão Estratégica e Participação do Ministério da Saúde, José Odorico Monteiro de Andrade, desses 143 milhões, 100 milhões são atendidos pelo Programa Saúde da Família (PSF).

Os números são impressionantes, mas uma pesquisa realizada pelo Ipea junto aos usuários do SUS mostrou que a qualidade do serviço prestado pelo Sistema tem muito o que melhorar. Seguem abaixo alguns números dessa avaliação:





58,1% dos participantes da pesquisa disseram que o problema mais frequente é a falta de médico. A demora para atendimentos em hospitais, centros de saúde e postos foi a questão mais crítica para 35,4% dos entrevistados. Por fim, o longo período de espera para conseguir consultas com especialistas aparece em terceiro lugar, com 33,8% dos votos.

Leia também:  Prazo para realizar o saque das Contas Inativas do FGTS

Um dado que ajuda a explicar esse fato é que no Brasil só 6% dos gastos totais do governo vão para a saúde. Isso significa que o país ocupa a nona posição no ranking dos gastos públicos com saúde, atrás, por exemplo, da Bolívia (8%) e da Colômbia (18,3%).

Por Christiane Suplicy Curioni