Reajustes nos pisos salariais de São Paulo



  

Foi aprovado em Plenário da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, no dia 23 de fevereiro, o Projeto de Lei 1/2012 do Executivo acerca dos novos pisos salariais.

De acordo com a proposta do novo projeto, o salário mínimo regional será reajustado conforme as categorias. Desta forma, cada piso passa a ter os seguintes valores: R$ 690 para trabalhadores domésticos, serventes, trabalhadores agropecuários, trabalhadores florestais, pescadores, entre outros; R$ 700 para operadores de máquinas e implementos agrícolas e florestais, operadores de máquinas da construção civil, de mineração e de corte e lavra da madeira, classificadores de correspondência e carteiros, tintureiros, barbeiros, cabeleireiros, manicures e pedicures, dedetizadores, vendedores, costureiros e estofadores, pedreiros, entre outros; e R$ 710 para administradores agropecuários e florestais, trabalhadores de serviços de higiene e saúde, chefes de serviços de transportes e de comunicações, supervisores de compras e de vendas, agentes técnicos em vendas e representantes comerciais.

Leia também:  Salário Mínimo Ideal - Valor em Abril 2017




O reajuste do salário mínimo no Estado de São Paulo foi de 15% sobre o valor de 2011, aproximadamente.

Por Débora Dacanal

Fonte: ALESP