Investimentos em Saúde no Brasil e no Mundo



  

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou alguns dados sobre os investimentos em saúde pública em diversos países. Reino Unido, Espanha, Alemanha, Suécia, Itália, Canadá e Austrália investiram, em média, 6,7% do PIB em Saúde, em 2008.

Ainda de acordo com os números fornecidos, naquele mesmo ano os investimentos em saúde no Brasil não passaram de 3,24% do PIB, somados União, Estados e Municípios. Em valores, isso significa que faltam pelo menos R$ 83 bilhões para que o Brasil chegue à média internacional.





Mais um dado. Se o projeto original de lei 121/2007 tivesse sido aprovado na íntegra, a União deveria investir em 2012 cerca de R$ 32 bilhões em saúde, equivalentes a 10% da receita corrente bruta. Vê-se, portanto, que isso ainda não seria suficiente para o Brasil atingir a média internacional de investimentos em saúde pública.

Leia também:  Empréstimo Consignado - FGTS poderá ser Usado como Garantia

O senador e ex-ministro da saúde Humberto Costa, do PT de Pernambuco, afirma que uma comissão mista da Câmara e do Senado deve analisar esse assunto ainda no começo de 2012 e, assim, apresentar alternativas para financiamentos em saúde.

Por Christiane Suplicy Curioni