Inflação e Crescimento do PIB no Brasil em 2012 – Expectativas do Governo



  

Durante um seminário na Fundação Getúlio Vargas, o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, falou sobre as expectativas do governo para a economia neste ano de 2012.

O secretário afirmou que o crescimento do PIB de 2011 fechará em cerca de 3%, de acordo com as estimativas do Ministério. Já a expectativa de crescimento para o ano de 2012 gira em torno de 4% e 5%, segundo ele, em consequência de diversas medidas tomadas pelo governo.

Entre as medidas de estímulo citadas por Barbosa estão: o aumento do salário mínimo, a redução da taxa de juros, a desoneração de impostos para o “Supersimples” e a desoneração da folha de pagamento.

Leia também:  Herdeiros podem sacar o FGTS Inativo de pessoas falecidas

Quanto à inflação, o secretário segue confiante num desempenho melhor do que em 2011, quando a inflação bateu o teto de 6,5%. A expectativa do governo é de que em 2012 este número caia abaixo de 5%.

O governo já afirmou anteriormente que a alta de preços de diversos setores não deve se repetir esse ano, tais quais os “preços regulados”, como tarifas de energia, água e luz, transporte público, entre outros.





Por Lucas Ferreira