FGV – IGP-M apresentou alta na 1ª prévia de maio de 2011




Informativo divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) considera que o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) registrou variação de 0,70% no primeiro decêndio de maio, ou seja, entre os dias 21 e 30 de abril, contra taxa de 0,55% do período anterior.

Segundo a FGV, a variação do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) foi de 0,60% no decêndio inicial de maio, pouco abaixo da constatação do período análogo de um mês atrás (0,63%). O índice atinente a Bens Finais passou de 0,87% para 0,14%, influenciado pela subcategoria alimentos processados, cuja taxa recuou de 1,05% para -1,04%.


Aceleração de 0,69% para 0,80% no primeiro decêndio deste mês foi constatada no estágio dos Bens Intermediários, com contribuição capital da subcategoria materiais e componentes voltados à construção, uma vez que o índice avançou de -0,16% para 0,87%.

Ainda abrangido pelo IGP-M, a taxa relacionada a Matérias-Primas subiu de 0,29% do primeiro decêndio de abril para 0,87% no período igual e imediatamente sucessor. Minério de ferro, cana-de-açúcar e mandioca, em ordem respectiva, foram os principais responsáveis pelo aumento. Por outro lado, decréscimos ocorreram no algodão em caroço, na soja em grão e na laranja.

Por Luiz Felipe T. Erdei