Aumento da Taxa Selic de 12% ao ano



  

O alto consumo dos brasileiros, em 2010, foi extremamente positivo para o país conseguir superar os principais entraves postados pela crise financeira global de 2008 e 2009. Em meados de novembro e dezembro passados, o Banco Central (BC) passou a adotar medidas de contenção de gastos e, mais ainda, de restrição ao crédito. Paralelamente a esse fato, deu-se início ao ciclo de elevação da taxa básica de juros da economia, a Selic.

Na quarta-feira (20), o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, por cinco votos a favor, incrementar a taxa da Selic para 12,00% ao ano, sem viés. A elevação, portanto, foi de 0,25 ponto percentual. Dois votos indicaram aumento de 0,50%.





Nota divulgada na página do BC indica que foram considerados como fatores para essa decisão o balanço de riscos à inflação, o nível ainda improvável de comedimento da atividade doméstica, assim como o cenário externo. Por fim, o Copom acredita que decisões como essas são ideais para assegurar a convergência da inflação para a meta do próximo ano.

Por Luiz Felipe T. Erdei