Variação do IPC-S – Abril 2011



  

O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) expôs acréscimo na taxa registrada em 07 de abril. A variação do levantamento abraçou índice de 0,89%, superior aos 0,71% da semana anterior.

A FGV assinala que a maior contribuição à alta do IPC-S teve como ator principal o grupo Alimentação, que passou de 0,98% da semana passada para 1,50% no novo levantamento. Hortaliças & Legumes, Carnes Bovinas e Frutas foram os itens que mais contribuíram ao alçamento.





Outros grupos que cooperaram para a alta do IPC-S foram Transportes, que avançou de 1,23% para 1,49%, assim Despesas Diversas, de 0,07% para 0,16%, Saúde & Cuidados Pessoais, de 0,68% para 0,73%, Educação, Leitura & Recreação, de 0,29% para 0,34%, e Vestuário, que progrediu de 1,01% da semana passada para 1,03% nesta.

Leia também:  Salário Mínimo de 2018 pode ser de R$ 979

O único grupo a registrar baixa foi Habitação, cuja taxa regrediu de 0,41% para 0,35%. Os principais colaboradores para o decréscimo foram aluguel residencial ao arrefecer de 0,58% para 0,39% e tarifa de telefone móvel, que encerrou a semana de 07 de abril decaindo de 1,48% para 0,91%.

Por Luiz Felipe T. Erdei