Preço da Cesta Básica em São Paulo – Abril 2011



  

O país começa a enfrentar um período de desaceleração da economia. As projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2011 estão quase 3,5% abaixo dos dados consolidados de 2010 (7,5%), por isso os consumidores precisam estar atentos quanto a seus gastos que não envolvem necessariamente esse indicador, mas outros diretamente relacionados.

Informações divulgadas pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) apontam que o valor da cesta básica no município de São Paulo subiu 1,02% na última semana.





O valor anterior, de R$ 314,18, avançou para R$ 317,37. Os três grupos sondados pela pesquisa registraram alta em suas taxas, com destaque para Limpeza, cujo índice progrediu 1,94%. Alimentação e Higiene Pessoal apresentaram variação de 0,99% e 0,16%, respectivamente.

Leia também:  Regras para o Pagamento do Cartão de Crédito

Dos 31 produtos examinados pela pesquisa da Procon-SP e do Dieese, 18 descreveram alta, enquanto outros 11 diminuíram de preços e dois nutriram o mesmo valor. A batata (vendida por quilo) registrou incremento de 30,46%, seguida pelo feijão carioquinha (comercializado por quilo), com ascensão de 5,73%. No contramão figuraram arroz (pacote de 5 quilos), com decréscimo de 2,71%, e papel higiênico fino branco, com baixa de 2,56%.

Por Luiz Felipe T. Erdei