Serasa – Vários setores da economia apresentaram melhora em 2010



  

O leitor de economia já deve estar acostumado com notícias envolvendo o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2010. Alguns pontos valem ser destacados durante o ano, tais como aumento do poder de consumo dos lares, crescimento das oportunidades de emprego e incremento da massa salarial. Participaram desse cenário medidas de incentivo fiscais e o acesso ao crédito mais facilitado.

A Serasa Experian pondera por meio do Estudo de Avaliação Setorial que ao final do 4º trimestre do período sobre os três meses análogos de 2009, 75 setores entre primário, indústria, serviços e comércio melhoraram seus números, enquanto outros 23 assinalaram estabilidade.

O setor primário, concebido por 13 ramos, nutriu melhoria em nove deles (aves, suínos, café, algodão, soja, laranja, milho, agropecuária e cacau). A indústria, por sua vez, apresentou melhora em 44 dos 54 segmentos abrangidos pelo levantamento, como é o caso do ramo de automóveis, da indústria de vestuário e têxteis, bem como de limpeza e higiene.





Leia também:  Consultar Nome no Serasa Experian pelo Computador

O segmento de serviços registrou melhoria em 18 de seus 25 setores de atuação. Um dos destaques foi o turismo, que se favoreceu da confiança do consumidor e de promoções de passagens. Outro ramo interessante foi o de cartões, sobretudo quando relacionadas as classes D e E, que passaram a ter acesso a bancos.

O breve apanhado deste artigo reforça e destaca que 2010 entrou, definitivamente, para a história do país. Apenas o tempo dirá, com precisão, motivo por motivo. Há partidários que aludem o crescimento à figura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Por Luiz Felipe T. Erdei