Atividade econômica avançou 0,6% em janeiro de 2011



  

O Banco Central (BC) previu no relatório Focus desta semana avanço de 4,03% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2011, índice que se confirmado – deve, efetivamente, apresentar alterações, podendo ser para cima ou para baixo – será quase metade do registrado no ano passado.

De acordo com a Serasa Experian, o Indicador de Atividade Econômica (ou PIB mensal) cresceu 0,6% em janeiro deste ano perante dezembro de 2010, já com descontos das influências sazonais. No comparativo com o mês análogo de um ano antes, o progresso do indicador chegou a 5,4%.





A Serasa também assinala crescimento de 7,3% nos últimos 12 meses encerrados em janeiro, taxa sucintamente inferior em relação ao PIB de 2010 (7,5%).  O consumo dos lares brasileiros possibilitou o aumento do PIB mensal, uma vez que foi registrado progresso de 0,5%.

O segmento de serviços, de acordo com a Serasa, é um dos principais motivadores em favor da economia brasileira, tanto que em janeiro seu incremento foi de 0,3% em comparação ao mês imediatamente anterior, livre de influências sazonais. Em compensação, a agropecuária e a indústria incitam de maneira negativa o crescimento, com índices de -0,5% e -0,9%, respectivamente, nesse período.

Por Luiz Felipe T. Erdei