Empresas – Falências solicitadas e decretadas aumentaram em fevereiro de 2011



Empresários e consumidores brasileiros devem sentir com maior afinco, em breve, as medidas de contenção de crédito adotadas pelo Banco Central (BC) desde o final de 2010. Mesmo assim, a economia brasileira deve continuar sua trajetória de crescimento, não tão elevada como fora anteriormente.

O primeiro trimestre, em especial, é um pouco mais complicado em termos gerais. Materiais escolares e impostos como IPVA e IPTU pressionam o planejamento familiar, assim como o 13º salário, por exemplo, aperta as contas das pessoas jurídicas. De acordo com a Serasa Experian, 134 ocorrências de falências solicitadas foram registradas em fevereiro, número acima das 131 de janeiro e das 124 em dezembro passado.

Leia também:  Consultar Nome no Serasa Experian pelo Computador


Dividido em portes, o Indicador de Falências e Recuperações da Serasa contabilizou 94 falências requeridas pelas micro e pequenas empresas, 34 oriundas das médias empresas e meia dúvida das grandes.

As falências decretadas, porém, chegaram a 64 no mês passado, número consideravelmente alto ante os 41 registros descritos em janeiro. Também em portes, 60 provenientes das micro e pequenas empresas, duas das médias e outras duas das grandes empresas.

Os economistas da Serasa ponderam que a política monetária adotada pelo governo no intuito de controlar a inflação, promovendo desaceleração econômica, bem como dificuldades na obtenção de créditos e juros mais elevados são os motivos que explicam os dados anteriormente explanados.

Leia também:  Consultar Nome no Serasa Experian pelo Computador


Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Serasa Experian