IBGE – IPCA apresentou variação de 0,80% em fevereiro de 2011



Responsável pelas informações oficiais relacionadas ao Produto Interno Bruto (PIB) do país, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) também divulga para a população outros indicadores da atividade econômica. No  dia 4 de março, anunciou variação de 0,80% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de fevereiro, taxa inferior à registrada em janeiro, de 0,83%.

De acordo com o IBGE, no acumulado de 2011 o índice contabiliza percentagem de 1,64% e nos últimos 12 meses, de 6,01%. A categoria Educação sofreu avanço de 5,81% no mês e 0,41% para o IPCA, então impulsionada pelo incremento de 6,41% nas mensalidades dos cursos de ensino formal.



A categoria Despesas Pessoais saltou de 0,83% de janeiro para 1,43% de fevereiro em função da elevação nos preços dos cigarros (3,64%) e jogos de azar, que apresentaram variação de 0,86% para 9,72%. O grupo Transporte, por sua vez, decresceu de 1,55% para 0,46% na base comparativa fevereiro-janeiro. As tarifas dos ônibus urbanos (4,13% para 1,30%) foram um dos fatores que motivaram a queda da taxa.

O IBGE pondera que a categoria Habitação registrou arrefecimento de 0,61% para 0,32%. O índice da mão-de-obra para pequenos reparos, neste grupo, caiu de 1,43% para 0,47%, enquanto o condomínio passou de 1,27% para -0,90% e artigos de limpeza de 0,81% para 0,08%.

Conforme já previsto no final do ano passado, após períodos de altas durante 2010, o grupo Alimentação apresentou baixa de 1,16% para 0,23% dentro do IPCA, com destaque para carnes, que decresceram para -2,81%, contra -0,19% de antes.



Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: IBGE