BC – Crescimento do PIB de 2010 representa boas expectativas para a economia brasileira



  

Na análise feita nos primeiros dias de março pelo presidente do Banco Central do Brasil, sobre os dados de crescimento do PIB em 2010 (conforme IBGE), ficou claro que trata-se de um crescimento representativo do quanto o país reagiu bem às crises financeiras ocorridas no período 2008-2009.

Para Alexandre Tombini, o suporte que segurou esse bom resultado foi o fato de que nossa economia continuou sendo movimentada pela demanda doméstica por consumo e produção. O consumo das famílias, que obteve novamente um crescimento positivo – agora de 7% –  foi resultado direto do aumento do crédito, do emprego e da renda geral do brasileiro.

Leia também:  FGTS Contas Inativas - Dúvidas e Informações




O presidente acrescentou  que o aumento dos investimentos (Formação Bruta de Capital Fixo) no Brasil, que ficou na casa dos 21,8% em 2010, indica “que o empresariado nacional está confiante nas perspectivas para a economia brasileira neste e nos próximos anos”. Aliás, esse aumento no nível de investimentos foi também o que a própria presidente Dilma Rousseff apontou como sendo uma das formas de o Brasil seguir consolidando esse crescimento sadio. Segundo a presidente, investimento aliado ao controle dos preços ao consumidor permitirá que o país cresça sem pressões inflacionárias.

Por Alberto Vicente