Superávit Primário atingiu R$ 14,1 bilhões em janeiro de 2011



  

O Governo anunciou esta semana que a economia que fez para pagar os juros da dívida (conhecida pela expressão “superávit primário”) atingiu 14,1 bilhões de reais em janeiro deste ano. Esse valor está aquém do resultado de dezembro do ano passado (R$ 14,4 bi), mas é superior ao registrado em janeiro do ano passado (R$ 228,6 milhões a mais).

Analisando o que cada parte do Governo Central contribuiu para atingir esse superávit, observamos que o Tesouro Nacional colaborou com cerca de R$ 17,2 bilhões, mas  o Banco Central e a Previdência Social ficaram em déficit (juntas, somam mais de 3,1 milhoes de reais). Contudo, informações oficiais do Ministério da Fazenda dão conta de que “em 12 meses, o superávit acumulado corresponde a R$ 79,2 bilhões” o que corresponderia a “2,15% do Produto Interno Bruto (PIB)”, segundo Arno Agustin, secretário do ministério.

Leia também:  FGTS - Como saber o saldo de contas inativas




Concluindo, o secretário afirmou que, no geral, “houve um bom desempenho das receitas em janeiro e, por essa razão, o governo está confiante no cumprimento das metas fiscais para o ano de 2011”.

Por Alberto Vicente Silva