Crescimento do PIB Brasileiro em 2010



  

O Produto Interno Bruto (PIB) iniciou o terceiro trimestre de 2010 com alta de 2,7% em comparação aos três meses imediatamente anteriores e outros 9% no confronto anual. A expansão, embora abaixo da constatada em países como Índia e China, foi de primordial valia para o país, expondo ao mundo que os esforços do governo em superar o colapso financeiro surtiram efeito.

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica, o PIB brasileiro cresceu 0,7% em dezembro do ano passado em comparação a novembro, já com abatimento das influências sazonais. Ao final do terceiro trimestre, cita a entidade, a atividade econômica brasileira ascendeu 0,8% e no acumulado do ano, 7,4%.

Leia também:  Saque do FGTS Inativo - Calendário de Pagamento Oficial




O índice final, o mais positivo desde 2001, ano em que a série histórica foi iniciada, poderá ser o mais alto em 15 anos caso as informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) convirjam e se confirmem. Em 1986, a taxa de crescimento do PIB foi de 7,49%.

A Serasa aprecia que o mercado interno foi o grande motivador para o crescimento da economia. O maior poder de renda e o acesso de crédito a partir da pessoa física, além dos índices de emprego em ascensão, estimularam a alta. Por outro lado, o aumento das importações perante as exportações configurou-se como o ponto negativo.

Por Luiz Felipe T. Erdei