Materiais de Construção – Vendas apresentaram queda em janeiro de 2011



  

Estudo realizado em sociedade entre o Ibope Inteligência e a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco) assinala recuo de 5,3% nas vendas de janeiro, do setor, em comparação às efetivadas em dezembro do ano passado. A pesquisa revela que somente o ramo de aço contraiu dados positivos, com alta de 3,5%.

De acordo com a associação, o varejo do segmento angariou acréscimo de 10,6% no ano passado em comparação a 2009, compreendendo faturamento total de R$ 49,80 bilhões. Com essa informação em posse, a perspectiva do setor é de expansão de 11% em 2011 devido à prorrogação da isenção do IPI até dezembro, além do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Leia também:  Salário Mínimo - Valor em 2017




Em 2010, ressalta a Anamaco, o Índice Nacional da Construção Civil (INCC), então calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), aglomerou ascensão de 7,77%, com materiais e equipamentos crescendo 5,02% e mão de obra 10,41%.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Anamaco