Febraban – Estimativas para o PIB de 2011



  

A pauta "economia" transita pelos principais meios de comunicação do país, físicos ou virtuais. O ambiente de incertezas durante a crise financeira mundial, o cenário de crescimento em 2010 e as projeções para 2011 em diante estampam boas manchetes todos os dias, inclusive com assuntos que envolvam estritamente o bolso dos consumidores.

O Produto Interno Bruto (PIB) deste ano deve ficar um pouco abaixo do índice calculado para 2010, mas mesmo assim não há projeções ruins. O Banco Central (BC), por exemplo, prevê expansão de 4,60% em 2011, podendo esta ser modificada nos próximos meses e até o final de dezembro.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) prevê taxa de crescimento igual à projetada pelo BC. De acordo com a entidade, 2011 deve marcar a retomada do crescimento das nações industrializadas, com incremento nos valores das commodities.

Leia também:  FGTS Contas Inativas - Dúvidas e Informações




Por meio do estudo Projeções e Expectativas de Mercado, a Febraban constatou que a maior parte das instituições acreditam numa melhoria dos prognósticos em relação à expansão da economia estadunidense.

Esta última situação, em especial, pode melhorar alguns dados econômicos no Brasil, que só não foram melhores no ano passado porque houve considerável valorização do real diante do dólar.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Febraban