Empresas da região Serrana do Rio recebem orientações do Sebrae



  

A região Serrana do Rio de Janeiro tenta se recuperar das recentes chuvas que dizimaram centenas de pessoas e deixaram outras tantas à mercê de ajuda em nível nacional. Nesta semana, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) promete aumentar o trabalho de apoio às companhias instaladas em Petrópolis e Nova Friburgo, duas das mais comprometidas.

Participarão do intento a Caixa Econômica Federal, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Investe Rio, o Banco do Brasil e o Bradesco. Pelo que se tem notícia, a contribuição virá em forma de treinamento e palestras por meio de agentes financeiros devidamente habilitados.

Segundo Marcelo Weber, gerente da área de serviços financeiros do Sebrae, algumas das questões abordadas contemplarão, por exemplo, acesso a crédito e suas linhas. A entidade disponibilizará tendas e consultores para que assim possam ser criados projetos e refinanciamento de dívidas, bem como distribuição de materiais com orientações.





Um dos principais pontos a serem abordados é a movimentação da economia local, até então estagnada devido aos prejuízos. Se depender da empresa Projetando Soluções, a limpeza nas empresas da região será acelerada graças a um produto para dissipar camadas de óleo.

São ações como essa que precisam de maior atenção. As pessoas não querem simplesmente receber alimentos, bebidas e roupas de maneira gratuita. Querem condições para continuar a viver, por si só, com trabalho e família.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Sebrae