Aumento de cheques sem fundos no final do ano

  

  

Os cartões de crédito e débito estão em alta e os cheques, por sua vez, em baixa. Vários fatores explicam essa tendência, tais como menor burocracia para a aprovação e utilização do dinheiro de plástico em inúmeras empresas varejistas, físicas ou virtuais.

Informações divulgadas pela Equifax revelam que o volume de cheques devolvidos no mês passado chegou a 1.664.294, incremento de 4,11% em comparação a novembro de 2010. No confronto com dezembro de 2009, porém, o montante constatado foi 9,47% mais brando.


De acordo com Alcides Leite, consultor do Centro de Conhecimento da Equifax, o aumento das vendas pelo comércio devido às festas de final de ano e o incremento das taxas de juros relacionadas a algumas operações financeiras foram cruciais para o aumento dos cheques devolvidos.

Leia também:  Consultar Nome no Serasa Experian pelo Computador

Alcides acredita na possibilidade de incremento dos juros no comércio, situação que deverá exercer certa influência no desempenho dos números da inadimplência, acarretando, com isso, leve aumento.

A assessoria de imprensa da Equifax assinala que em relação ao volume de títulos protestados houve avanço de 2,10% no mês passado ante novembro, porém com queda registrada de 0,59% sobre dezembro de 2009.

  

Por Luiz Felipe T. Erdei