Economia Brasileira tem previsão de alta de 4,5% em 2011



  

Bendizer a atual conjuntura econômica brasileira depende, obviamente, de vários pontos de análise. Para 2010, o Banco Central (BC) calcula expansão próxima de 7,6% do Produto Interno Bruto (PIB), mas para 2011 prevê índice bem abaixo desse, mais exatamente 4,5%. Especialistas acreditam ser esse último percentual o mais condizente com a realidade do país, percentagem que propicia, inclusive, crescimento sustentável.

A Fitch Ratings, por sua vez, crê que a economia do país realmente venha a avançar em 4,5% neste ano, portanto em consonância ao próprio potencial de crescimento local. De acordo com a agência, um desenvolvimento maior e sustentado propiciaria base para melhores taxas de solvência fiscal.

Leia também:  Salário Mínimo 2018 - Novo Valor depende da aprovação de Temer




Na visão da Fitch, atualmente o país passa a angariar os benefícios oriundos de políticas macroeconômicas sólidas, adotadas no decorrer de anos, dentre elas as próprias metas inflacionárias, a responsabilidade fiscal e o processo de flutuação da moeda nacional.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Estadão