Fipe – IPC (SP) apresentou Crescimento na 2ª Prévia de Janeiro de 2011




O consumidor precisa estar atento aos índices inflacionários divulgados por institutos de pesquisas para constatar se o preço de determinado produto ou serviço avança num valor justo ou, do contrário, se existem certos ganhos sobre as taxas oficiais.

Dados divulgados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) relatam que o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), referente à cidade de São Paulo, acelerou para 0,86% na segunda leitura deste mês, ante índice de 0,61% verificado na prévia anterior. No confronto com o período análogo do mês passado, o IPC ascendeu 0,57% sobre o índice dessa ocasião.


Entre a primeira e segunda semana de janeiro, cinco das sete séries sondadas minutaram alta de preços, com destaque para o grupo Educação, que avançou para 2,29%, contra 0,96% de antes.

Os custos praticados em Despesas Pessoais aumentaram de 0,37% para 0,61%, enquanto em Transportes houve incremento para 1,66%, ante 0,77% da prévia anterior, bem como em Alimentação, de 1,39% para 1,54%, e Habitação, de 0,21% para 0,23%.

Diferentemente dos dados acima, os preços do grupo Saúde arrefeceram de 0,17% para 0,15%, enquanto de Vestuário para 0,03% negativo (na atual prévia) contra 0,26% positivo constatado na primeira leitura.


Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: G1