FGV – IGP-10, IPA, IPC, INCC e Bens Finais – Janeiro de 2011



A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou no dia 17 de janeiro dados relacionados a vários medidores econômicos. O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), por exemplo, desacelerou para 0,49% em janeiro, abaixo do percentual de 1,27% registrado entre os dias 11 de novembro e 10 de dezembro de 2010.

Além desse indicador, a FGV contabilizou que o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) apresentou alta de 0,35% neste mês, contra 1,46% constatado em dezembro. Os Bens Finais, segundo a fundação, recuaram para -0,35% no período, contra a taxa positiva de 0,52% de antes.



O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), por sua vez, minutou desaceleração para 0,90% no primeiro mês deste ano, ante 1,05% descrito em dezembro passado. Dos sete grupos sondados, quatro apresentaram queda nos índices, com destaque para a classe Alimentação, em que a taxa recuou para 1,52%, contra 2,45% notado anteriormente. As carnes bovinas, que em 2010 deram trabalho aos bolsos dos consumidores, caíram de 9,7% para 0,81% no período.

A FGV indica que o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) ilustrou variação de 0,50% em janeiro, pouco acima do percentual contabilizado em dezembro (0,49%). Neste quesito somente o grupo Serviços cresceu (0,33% para 0,83%), enquanto Mão de Obra e Materiais & Equipamentos caíram de 0,84% para 0,76% e 0,12% para 0,11%, respectivamente.

Por Luiz Felipe T. Erdei