BC – IPCA – Novas estimativas para 2011



  

Pela sexta oportunidade consecutiva, o Banco Central (BC), por meio do relatório Focus, voltou a majorar a perspectiva de inflação brasileira. A estimativa relacionada ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu de 5,34% para 5,42% em 2011, enquanto se manteve em 4,5% para 2012.

Apesar de distante do centro da meta de 4,5% estabelecido pelo BC, considera-se dentro dela por haver tolerância de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. No ano passado, de acordo com a agência de notícias Reuters, a inflação chegou a 5,91%.





O banco manteve o índice da Selic, taxa básica de juros da economia, em 12,25% para 2011, porém aumentou de 10,75% para 11% ao fim de 2012.

Diferentemente do crescimento de 7,61% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado ao ano passado, para 2011 o BC prevê avanço de 4,5%.

Por Luiz Felipe T. Erdei